PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Bernardino Batista realiza 'Dia D' da vacinação contra gripe

Fábio Barbosa  |  17/05/2017 14:11
noticia Bernardino Batista realiza 'Dia D' da vacinação contra gripe
noticia Bernardino Batista realiza 'Dia D' da vacinação contra gripe

A prefeitura de Bernardino Batista, por meio da Secretaria de Saúde, realizou o Dia D da vacinação contra a gripe no sabado (15) durante todo o dia  a população compareceu ao centro da cidade onde ocorreu a campanha  e ressaltou a importância da imunização e a expectativa por parte da secretaria de saúde para que a meta estabelecida ano seja atingida.

Já por parte do governo federal é vacinar 54,2 milhões de pessoas que integram o público-alvo até o dia 26 de maio. Ao todo, foram adquiridos 60 milhões de doses da vacina, que protege contra os três subtipos do vírus da gripe conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B).

Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos de vacinação. Devem se vacinar crianças de 6 meses até 5 anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além dos professores – que são a novidade deste ano.

Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

A meta, neste ano, é vacinar 90% do público-alvo até o fim da campanha. De acordo com Ministério da Saúde, a vacina demora, pelo menos, 15 dias para fazer efeito, por isso a importância da vacinação o quanto antes para evitar o contato com o vírus.

Assessoria

PUBLICIDADE