PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Corregedoria da PRF apura envolvimento de agente em fraudes de concursos

Agente rodoviário estava afastado de suas funções há dois anos por questão de saúde
Fábio Barbosa  |  17/05/2017 14:58
noticia Corregedoria da PRF apura envolvimento de agente em fraudes de concursos
noticia Corregedoria da PRF apura envolvimento de agente em fraudes de concursos

A Corregedoria Regional da Polícia Rodoviária Federal na Paraíba abriu um processo administrativo investigativo para apurar o envolvimento do agente Marcus Vinícius Pimentel, preso ontem à noite suspeito de envolvimento em organização criminosa que fraudava concursos investigada pela Operação Gabarito.

A PRF informou através de nota, que o agente já estava afastado de suas funções há dois anos por questão de saúde e que seus atestados médicos haviam sido homologados pelo Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (SIASS).

A nota informa ainda que antes de o agente se entregar a polícia, a PRF já havia acionado equipes de agentes para encontrar e capturar o suspeito.

Click PB

Confira a nota divulgada pela PRF

O policial rodoviário federal Marcus Vinícius Pimentel apresentou-se na noite de ontem (16) à Justiça, acompanhado de seu advogado, para que fosse cumprido um mandado de prisão preventiva decretado contra o mesmo. O agente foi encaminhado à Polícia Civil, onde foi lavrado auto de prisão em razão da necessidade de serem levantadas todas as circunstâncias do envolvimento do policial em um esquema criminoso de fraudes em concursos públicos.

A Polícia Rodoviária federal (PRF), tão logo tomou ciência dos fatos, através da Polícia Civil, pôs-se à disposição e forneceu todas as informações que foram solicitadas. Equipes de policiais rodoviários federais foram imediatamente acionadas para que o denunciado fosse encontrado e capturado. Ao mesmo tempo, deu início a um procedimento administrativo investigativo, aberto pela Corregedoria Regional da PRF na Paraíba, para que seja apurado o envolvimento do agente no fato,onde será garantido o direito do contraditório e a ampla defesa.

O servidor Marcus Vinícius Pimentel encontrava-se afastado de suas funções há cerca de dois anos por questões de saúde, tendo seus atestados médicos homologados pelo Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (SIASS), órgão externo, responsável pelas perícias médicas de servidores públicos federais.

A Polícia Rodoviária Federal atua pela Incolumidade Pública e reitera à sociedade o compromisso com os valores da Transparência, da Moral, da Ética e da Responsabilidade Social, não compactuando assim com quaisquer desvios de conduta que venham de encontro aos princípios que pautam as atividades da PRF como órgão de segurança pública.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Quatro Internas