PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Grávida de 18 anos é morta com tiro na cabeça; marido é suspeito

Fábio Barbosa  |  18/05/2017 09:27
noticia Grávida de 18 anos é morta com tiro na cabeça; marido é suspeito
noticia Grávida de 18 anos é morta com tiro na cabeça; marido é suspeito

Um crime bárbaro foi registrado pela polícia de Campina Grande no início da noite desta quarta-feira (17). Élida Pereira de Araujo, de 18 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça dentro de um barraco, onde atualmente ela vivia com o companheiro, no bairro das Cidades, região sudoeste da cidade.

O crime aconteceu por volta das 18h50 e quando a PM chegou no local, acionada pelos vizinhos da vítima, Élida Pereira foi encontrada morta dentro do quarto, com um tiro na cabeça.

Dentro do barraco, a polícia também localizou objetos de um homem e poucos documentos. De acordo com a delegada Tatiana Matos, a situação é bastante complicada visto que a garota estava grávida e nenhum familiar foi identificado.

“O que já apuramos é que ela seria moradora da cidade de Esperança e vivia aqui há poucos meses, na companhia do atual companheiro. Não conseguimos localiza-lo, para tentar entender o que houve” comentou.

O marido de Élida ainda não foi localizado, por isso, ele se torna o principal suspeito da morte da jovem. Tudo indica que Élida e o companheiro viviam do dinheiro que conseguiam catando reciclagens.

Na comunidade, os moradores assustados evitaram falar sobre o assunto. O autor do delito deverá ser indiciado por duplo homicídio.

Blog Márcio Rangel

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores