PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Vereador Pedro Coutinho morre na capital enquanto jogava futebol

Político morreu aos 57 anos ao sofrer infarto fulminante enquanto jogava futebol na Vila Olímpica Parahyba.
Fábio Barbosa  |  20/05/2017 19:00
noticia Vereador Pedro Coutinho morre na capital enquanto jogava futebol
noticia Vereador Pedro Coutinho morre na capital enquanto jogava futebol

O vereador de João Pessoa Pedro Alberto Coutinho (PHS) morreu na tarde desta sexta-feira (19). Ele sofreu um infarto fulminante enquanto jogava futebol na Vila Olímpica Parahyba, no Bairro dos Estados. Ele passou mal, chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas a equipe não conseguiu reanimá-lo.

De acordo com informações da Câmara Municipal, o corpo do vereador foi encaminhado ao Hospital Padre Zé para os procedimentos legais. Até as 16h30 não havia informações sobre o velório e o enterro do parlamentar. Pedro Alberto Coutinho tinha 57 anos e morreu 16 dias após a morte de sua mãe.

No dia anterior, Pedro Coutinho conduziu normalmente reunião da Comissão de Regimento Interno da Câmara de Vereadores de João Pessoa, da qual era presidente

O velório do vereador Pedro Coutinho está marcado para começar às 20h, na funerária Morada da Paz, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. O sepultamento vai ser às 15h deste sábado (20), no cemitério Boa Sentença.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, decretou luto oficial de três dias em função da morte do vereador Pedro Alberto Coutinho.

Carreira Política

Pedro Coutinho retomou o mandato na Câmara de Vereadores neste ano, após passar todo o período da primeira gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) à frente do Instituto de Previdência do Município. Na Câmara, ele comandava a Comissão de Estudos e Atualização do Regimento Interno da Casa.

Professor de Direito, Legislação e Inglês, ele era funcionário aposentado da Caixa Econômica Federal. Atuou como secretário de Ação Social, Chefe de Gabinete do Prefeito de João Pessoa, secretário-chefe da Casa Civil e superintendente do Instituto de Previdência Municipal (IPM). Vereador por sete mandatos, tendo exercido o primeiro em 1982.

Em nota, a Câmara lamentou o fato e declarou que "é com profundo pesar e consternação que a Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa recebeu, na tarde desta sexta-feira a notícia do falecimento repentino do vereador". "Pedro deixa um legado de trabalho e dedicação a população de João Pessoa", diz a nota.

O prefeitura de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), também divulgou nota, em que declara que "a vida pública de João Pessoa perde um homem comprometido com as melhores causas do nosso povo, que soube conduzir com ética, correção e respeito todas as funções que ocupou no Legislativo e no Executivo, bem como na vida privada".

G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Quatro Internas