PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Sem autor do crime, inquérito da morte do ator Marcos Pinto é arquivado

Como o autor do crime não foi identificado, a Polícia Civil sugeriu o arquivamento, que foi aceito pelo Ministério Público e acatado pela justiça
Fábio Barbosa  |  01/06/2017 17:55
noticia Sem autor do crime, inquérito da morte do ator Marcos Pinto é arquivado
noticia Sem autor do crime, inquérito da morte do ator Marcos Pinto é arquivado

A Justiça arquivou o inquérito que apurava a morte do ator e diretor de teatro Marcos Fábio Costa Pinto, de 41 anos, que foi assassinado dentro do apartamento onde morava no bairro de Tambiá, aqui em João Pessoa, em dezembro de 2014, está arquivado. A informação foi dada em primeira mão pelo jornalista Hyldo Pereira, no programa Cidade Alerta Paraíba, TV Correio.

De acordo com o Ministério Público, como o autor do crime não foi identificado, a Polícia Civil sugeriu o arquivamento, que foi aceito pelo Ministério Público e acatado pela justiça. O caso foi encerrado em dezembro de 2016.

A promotora Artemise Leal disse a TV Correio que o inquérito poderá ser reaberto caso haja novas provas sobre a autoria do crime. “ A família ou amigos que souberam de informações que levem ao autor do crime, o caso será reaberto”, explicou.

No dia do crime, no  apartamento do ator a polícia encontrou diversas garrafas de bebida e as janelas estavam abertas. Vizinhos informaram  que a presença de amigos no apartamento do ator era algo comum. O ator era conhecido pelas inúmeras peças infantis realizadas em, pelo menos, 15 anos de teatro e também pelas participações em diversas edições da ‘paixão de cristo’, na capital.

Correio da PB

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores