PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Ex-deputado Rocha Loures é preso pela Polícia Federal

O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, que foi assessor especial do presidente Michel Temer, foi preso na manhã deste sábado
Fábio Barbosa  |  03/06/2017 08:36
noticia Ex-deputado Rocha Loures é preso pela Polícia Federal
noticia Ex-deputado Rocha Loures é preso pela Polícia Federal

O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, que foi assessor especial do presidente Michel Temer, foi preso na manhã deste sábado, informou a Polícia Federal.

Rocha Loures (PMDB-PR) teve mandado de prisão preventiva assinado na noite de sexta pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR). Preso em Brasília, foi levado pela Superintendência da PF no Distrito Federal.

O ex-assessor especial de Temer foi filmado pela PF recebendo uma mala com R$ 500 mil em em São Paulo. Segundo delações de executivos da JBS, os valores seriam propina. O advogado do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, Cezar Bitencourt, disse na manhã deste sábado a Zero Hora que seu cliente vai invocar o direito de ficar em silêncio durante o depoimento.

Para o advogado do ex-deputado, Cezar Bitencourt, o pedido de prisão teria sido feito para "forçar delação".

— Se tivesse sido levado em consideração nosso pedido, de não prisão dele, poderia falar. Mas na marra, não. Estão prendendo para forçar a delação. Não há nenhuma possibilidade de delatar — afirmou minutos antes de embarcar de Porto Alegre para Brasília.

Bitencourt disse que Loures reagiu com tranquilidade à prisão:

— Ele estava bem orientado, em casa, tranquilo. A família confia em nós. Meus colegas já estão com ele na Polícia Federal.  Nossa expectativa era de que não saísse a prisão. Podiam ter aguardado o julgamento do nosso recurso, na terça-feira, não precisava decidir no final de semana. É equivocado e desnecessário, mas respeitamos.

Zero Hora

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores