PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Polícia prende em Campina Grande filhos e nora de ‘vovó do tráfico’

Depois da prisão de Maria Helena a polícia recebeu várias informações através do número 197
Fábio Barbosa  |  30/06/2017 07:19
noticia Polícia prende em Campina Grande filhos e nora de ‘vovó do tráfico’
noticia Polícia prende em Campina Grande filhos e nora de ‘vovó do tráfico’

A Polícia Civil por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Campina Grande no Agreste da Paraíba prendeu na tarde desta quarta feira (28) os irmãos Marivaldo Marinho Barbosa, 29 anos, Valdir Marinho Barbosa, 28 anos e Danúbia Trajano da Nóbrega, 21 anos, suspeitos de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Os presos são filhos e nora de Maria Helena Batista Marinho, a ‘vovó do tráfico’, presa em novembro do ano passado também por tráfico de drogas.

Depois da prisão de Maria Helena a polícia recebeu várias informações através do número 197 que é o Disque Denúncia da Secretaria de Estado e da Segurança e da Defesa Social (Sesds). As ligações anônimas davam conta de que os filhos e a nora de Maria Helena tinham assumido o controle da venda de entorpecentes na localidade e que estavam ameaçando os moradores da área. Os denunciantes repassaram até o modo como os suspeitos agiam.

A partir dessas informações os agentes de investigação da DRE fizeram os levantamentos e ficaram aguardando o momento certo para realizar a prisão em flagrante das três pessoas. Durante este tempo outras ligações foram recebidas pelo Disque Denúncia e elas falavam que os investigados estavam atirando para o alto para amedrontar as pessoas e que quando a polícia se aproximava eles jogavam as drogas por uma janela para evitar um flagrante.

Sabendo disto os policiais montaram a ação, foram até o local conhecido como Travessa Fortaleza e três Irmãs no bairro Santa Cruz e entraram no beco. “Como já estávamos observando os suspeitos os nossos policiais se dividiram, uns seguiram para os fundos da casa outros ficaram enfrente a residência e um grupo foi até a janela onde os denunciantes informaram que eles jogavam as drogas, foi exatamente o que aconteceu quando entramos na casa os investigados tentaram se livrar do material ilícito jogando pela janela” disse o delegado Victor Melo.      

Dentro da sacola arremessada para fora de casa os policiais encontraram maconha, balança de precisão, sacos plásticos para embalar as drogas, fita adesiva e um livro falso, dentro dele estava escondida uma pistola. Os investigados foram presos em flagrante por posse de arma de fogo, tráfico de drogas e associação ao tráfico. Dos três apenas Marivaldo já foi preso, ele está em condicional por receptação de objeto roubado. Marivaldo, Valdir e Danúbia foram conduzidos para a Delegacia e depois de ouvidos recolhidos na carceragem da Central de Polícia Civil no bairro do Catolé e vão permanecer lá até a audiência de custódia.

Polícia Civil

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores