PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Sousa vence e abre vantagem sobre o Guarany de Sobral na Série D

Dinossauro venceu a partida em casa por 3 a 1
Fábio Barbosa  |  10/07/2017 10:22
noticia Sousa vence e abre vantagem sobre o Guarany de Sobral na Série D
noticia Sousa vence e abre vantagem sobre o Guarany de Sobral na Série D

O Sousa conseguiu um excelente resultado na primeira partida do mata-mata da Série D do Campeonato Brasileiro. Jogando no Marizão, o Dinossauro bateu o Guarany de Sobral por 3 a 1.

Sem Daniel Caiçara, que se lesionou no treino da sexta-feira, Isaías assumiu a vaga no ataque e deu conta do recado logo cedo. Aos 9 do primeiro tempo, após boa jogada de Iran pela direita, o atacante só teve o trabalho de empurrar o cruzamento de Iran para as redes e abrir o placar.

Aos 15 minutos, o time paraibano teve um susto. Léo Paraíba cobrou escanteio e Michel, de cabeça, empatou o jogo.

A partida ficou truncada e parecia que iria para o intervalo empatado. Mas o homem do Sousa na Série D resolveu aparecer. Aos 49 minutos, Thiago Almeida aproveitou a falha da defesa e encheu o pé para recolocar o Dinossauro na frente do placar.

O segundo tempo foi mais equilibrado e as duas equipes tiveram chances, mas não conseguiram transformar em gol. A vantagem do Sousa era pequena, já que a derrota por 1 a 0 em Sobral eliminaria o time paraibano.

Mas aos 43 minutos, já no fim do jogo, o árbitro marcou pênalti para o Sousa. Birungueta converteu a cobrança e fechou o placar.

No próximo domingoo (16), no jogo da volta, no Ceará, o Dinossauro do Sertão pode perder por até um gol de diferença para avançar até as oitavas de final da Série D.

Campinense 1 x 1 Flu de Feira

Campinense e Fluminense de Feira de Santa se enfrentaram no Estádio Amigão, em Campina Grande. E no primeiro tempo só deu Raposa. Reinaldo Alagoano abriu o placar aos 18 minutos, de cabeça, ao receber cruzamento feito por Maranhão.

Os anfitriões ainda tiveram outras quatro chances reais de gol, aos 22, 33, 37 e 44 minutos, em jogadas de Muller Fernandes, Negretti e Sávio. Todas elas foram barradas pela qualidade de defesa do goleiro Jair.

No segundo tempo, o jogo ficou mais equilibrado e o Flu de Feira conseguiu criar algumas oportunidades. Sucesso mesmo só veio aos 36 minutos, quando Jonatas Obina recebeu cruzamento de Edson e fez o gol do empate.

Aos 46 minutos, Jair ainda precisou buscar mais uma grande defesa, após chute a gol de Carlos Alberto. Foi o último lance de perigo da partida.

Voz da Torcida

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores