PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Procon da PB notifica 33 postos por suspeita de abuso em aumento de combustível

Os 33 postos terão três dias e as cinco distribuidoras, cinco dias, a partir do auto de constatação
Fábio Barbosa  |  28/07/2017 07:29
noticia Procon da PB notifica 33 postos por suspeita de abuso em aumento de combustível
noticia Procon da PB notifica 33 postos por suspeita de abuso em aumento de combustível

A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB) notificou 33 postos de combustíveis da Grande João Pessoa para investigar um possível aumento irregular do preço dos combustíveis. A fiscalização visitou 40 postos desde sexta-feira (21) e foi encerrada nesta quinta-feira (27). Outros sete postos foram autuados.

A fiscalização teve início após o Governo Federal anunciar aumento de tributos para combustíveis em R$ 0,41 no preço da gasolina repassada ao consumidor. Nos postos, o aumento do preço dos combustíveis deve acontecer quando o combustível repassado ao consumidor for adquirido com o preço reajustado pelas distribuidoras. Caso os preços sejam elevados sem estar repassando um produto que custou mais caro, por exemplo, caracteriza-se aumento sem justa causa, uma prática abusiva prevista no Código de Defesa do Consumidor.

Os 33 postos terão três dias e as cinco distribuidoras, cinco dias, a partir do auto de constatação, para apresentarem documentação comprobatória da compra e da data do recebimento de novos combustíveis, os quais foram repassados aos postos.

A superintendente do Procon-PB, Késsia Liliana, disse que a fiscalização está de prontidão para realizar qualquer auto de infração. "Os fiscais estão trabalhando para que o consumidor seja resguardado, seja com o combustível ou qualquer produto irregular", afirmou Liliana.

G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Quatro Internas