PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Radialista é morto seis anos após sofrer atentado no Ceará

Crime aconteceu no bairro Açude Velho, próximo a residência da mãe do radialista. Ele foi atingido principalmente no rosto, que ficou desfigurado
Fábio Barbosa  |  13/08/2017 16:03
noticia Radialista é morto seis anos após sofrer atentado no Ceará
noticia Radialista é morto seis anos após sofrer atentado no Ceará

Sete anos depois de ter sofrido um atentado, o radialista Franzé Rodrigues foi brutalmente assassinado na tarde desta sexta-feira (11) em Morada Nova. Francisco José Rodrigues tinha 43 anos e no momento estava sem emissora e trabalhava na área de informática

Segundo a Polícia de Morada Nova, o crime aconteceu no bairro Açude Velho, próximo a residência da mãe do radialista. Ele foi atingido principalmente no rosto, que ficou desfigurado. A Polícia está investigando se o crime tem relação com sua atuação profissional. Ele foi candidato a vereador nas eleições de 2016, mas não logrou êxito.

Testemunhas afirmaram que Franzé Rodrigues foi alvejado com tiros de escopeta quando ia chegando em casa. Os criminosos não identificados tomaram uma moto e fugiram do local.

Em janeiro de 2011 Franzé Rodrigues foi lesionado por três tiros. No momento do atentado ele estava colocando uma motocicleta dentro de casa quando vários disparos partiram de um matagal. Franzé foi socorrido para o Hospital Municipal e depois transferido para o Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza e acabou escapando.

  • Nos últimos cinco anos dez radialistas foram mortos no Ceará. São eles:

2017

Djacy Oliveira, apresentador do programa Mundo do Trabalho na Rádio Universitária FM, morreu no dia 12 de janeiro, após levar um tiro durante assalto no Centro de Fortaleza.

O poeta e radialista Antônio Calíope de Olinda, 69 anos foi encontrado morto em sua residência no município de Pedra Branca no dia 1º de agosto, no local foi verificado manchas de sangue e uma faca perto do corpo.

2016

O pastor e radialista Henrique Júnior de Morais, 49, foi morto com tiros em 21 de setembro, em Redenção

2015

Radialista Gleydson de Carvalho, executado durante a apresentação de seu programa na Rádio Liberdade, em Camocim.

Francisco Rodrigues de Lima, 62, assassinado no estacionamento da rádio FM Monte Mor, em Pacajus

Patrício Oliveira, 39, repórter policial, foi morto em março no município de Brejo Santo, após deixar a sede da rádio Sul Cearense AM

O radialista e também vereador de Barreira, no Maciço de Baturité, José Targino dos Santos, o Faceta, levou um tiro no peito após discussão política em um bar.

2013

Mafaldo Bezerra Góis foi morto quando saía de sua casa para a rádio em que trabalhava, em Jaguaribe.

2012

Francisco Euzo de Lima Filho, 47, foi sequestrado na cidade e Pereiro e levado a um terreno baldio já fora da cidade. Ele foi morto com pelo menos dez tiros de pistola 9 milímetros e ponto 45.

2011

Francisco Cidimar Ferreira Sombra, em Russas, morto em sua casa.

Ceará Agora

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores