PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Morre aos 91 anos Jerry Lewis, um dos maiores comediantes da história

O ator americano Jerry Lewis morreu hoje (20), em Las Vegas, EUA
Fábio Barbosa  |  20/08/2017 17:14
noticia Morre aos 91 anos Jerry Lewis, um dos maiores comediantes da história
noticia Morre aos 91 anos Jerry Lewis, um dos maiores comediantes da história

Jerry Lewis, histórico comediante, morreu aos 91 anos. Segundo o site TMZ, o ator, cantor e diretor morreu de causas naturais em sua casa em Las Vegas. A informação foi divulgada pela família de Lewis.

Lewis foi um dos maiores comediantes da história. Em 1946, ele chegou a fama graças a parceria com Dean Martin, onde ele interpretava um trapalhão e seu eterno amigo fazia o galã que “concertava” tudo.

Jerry estrelou mais de 50 filmes, entre eles a versão original de Professor Aloprado de 1963; o clássico obscuro Rei da Comédia, onde trabalhou ao lado de Martin Scorsese e Robert De Niro; e Cinderelo Sem Sapatos, um de seus papeis mais conhecidos.

Lewis chegou, inclusive, a trabalhar em um filme brasileiro quando fez uma participação em Até Que a Sorte nos Separe 2, onde fez uma ponta como um funcionário do hotel-cassino onde Tino (Leandro Hassum) e sua família vão se hospedar em Las Vegas. O papel é uma referência ao filme estrelado pelo comediante de 1960, O Mensageiro Trapalhão (The Bellboy).

A importância do comediante é tão grande que ele conta com duas estrelas na Calçada da Fama de Hollywood – uma por conta de sua contribuição para televisão e outra pelo cinema.

Famoso por conta de sua filantropia, Lewis recebeu em 2009 um da Academia o Prêmio Humanitário Jean Hersholt, que premia personalidades por suas contribuições humanitárias. Além dele, nomes como Charlton Heston, Oprah Wingrey, Debbie Reynolds e Frank Sinatra contam com essa distinção.

  • ASSISTA - A máquina de escrever

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores