PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Impressora 3D constrói casa totalmente habitável em 24 horas. Veja vídeo

Empresa apresenta impressora e tecnologia capazes de erguer uma casa de baixo custo em apenas 24 horas
Fábio Barbosa  |  27/08/2017 15:15
noticia Impressora 3D constrói casa totalmente habitável em 24 horas. Veja vídeo
noticia Impressora 3D constrói casa totalmente habitável em 24 horas. Veja vídeo

A Apis Cor criou uma impressora 3D capaz de erguer uma casa completa em apenas 24 horas. A empresa, que é norte-americana, demonstrou a tecnologia em uma cidade russa, usando para isso um tipo de impressora 3D que ao invés de filamentos de polímero, utiliza concreto.

Impressora 3D tem preço acessível e pode ser controlada pelo celular

Aos trabalhadores da construção restou o trabalho de pintar, dar acabamento e instalar o telhado. Segundo a Apis Cor, o custo total da casa ficou em US$ 10 mil (R$ 31.500, em conversão direta), valor cujo maior parte é consumida por portas e janelas: itens que não são impressos.

O método de impressão assemelha-se muito aos sistemas de deposição de resinas plásticas usadas nas impressoras 3D de mesa. Camada a camada, a máquina distribui o concreto, desenhando as paredes da casa a partir do chão.

Segundo a Apis Cor, o material empregado na construção deve oferecer grande resistência e tem vida útil de 175 anos.

Depois que as paredes são erguidas, a impressora é removida do canteiro de obras, dando lugar a trabalhadores que se encarregam de fazer o acabamento, telhado e detalhes de maior precisão, inviáveis para a máquina.

O resultado é uma casa de 37 metros quadrados, com um formato arredondado que pode não ser uma unanimidade. Ciente disso, a Apis Cor garante que é capaz de construir casas em qualquer formato, inclusive versões quadradas e retangulares mais convencionais.

Confira o vídeo da impressora em funcionamento

Na avaliação da própria Apis Cor, essa tecnologia pode ser interessante como opção de curto prazo para atender as necessidades de comunidades atingidas por catástrofes naturais. Além disso, há a possibilidade de empregar a impressão 3D de casas como estratégia de combate de déficit habitacional em países pobres.

  • VEJA VÍDEO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Quatro Internas