PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Ex-rainha de bateria é morta por namorado após noivado da irmã

Jovem era uma mulher muito batalhadora. Ela estava estudando para conseguir melhorar suas condições financeiras
Fábio Barbosa  |  27/08/2017 18:01
noticia Ex-rainha de bateria é morta por namorado após noivado da irmã
noticia Ex-rainha de bateria é morta por namorado após noivado da irmã

Gláucia Machado ficou conhecida em sua cidade natal, Jardim do Paço, em Angatuba, em São Paulo, por ter sido #rainha de bateria. Aos 32 anos, no entanto, Gláucia acabou tendo um fim que em nada tem a ver com o #Carnaval, uma das festas mais felizes do Brasil. Gláucia Machado, de 32 anos, estava em um noite que era para ser de comemoração, mas tudo acabou de maneira cruel. A ex-rainha de bateria acabou sendo assassinada por estrangulamento na madrugada deste domingo (27). Marcelo Oliveira, o namorado dela, confessou o crime, motivado por ciúmes.

De acordo com informações do portal de notícias G1, que repercutiu o caso, a morte aconteceu após Gláucia sair da festa de noivado da própria irmã. Ela teria sido morta por estrangulamento pelo homem que tanto amava.

A Polícia Civil deu mais detalhes sobre o caso e disse que a ex-rainha de bateria até chegou a ser socorrida, mas que, infelizmente, acabou não sobrevivendo às feridas.

A jovem era uma mulher muito batalhadora. Ela estava estudando para conseguir melhorar suas condições financeiras. Glaucia estava já no último ano do curso que sonhava. Ela cursava psicologia e ficava muito feliz pelo seu passado. Em sua cidade, todo mundo a conhecia pelo samba no pé. A bela jovem era adorada por todos por ter sido rainha de bateria.

Em 2014, por exemplo, Gláucia chegou a dar entrevistas para os mais diversos veículos de comunicação, por ter chegado ao número de quinze vezes à frente da agremiação.

A jovem se dizia muito feliz por mais essa conquista em sua vida. A morte da ex-diva do Carnaval local foi noticiada também pela afiliada da TV Globo na região.

O único acusado do crime é Marcelo Oliveira, de 36 anos. De acordo com ele, que agora está em uma cadeia público da cidade de Piraju, no estado de São Paulo. o crime foi motivado por ciúmes. Marcelo revela que ele e Glaucia tiveram uma forte discussão logo após o noivado da irmã dela. Ele deve responder por violência doméstica e homicídio qualificado, mas a polícia não descarta a inclusão de feminicídio. O crime gerou revolta em toda a região.

G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE