PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Prefeitura abre 10 vagas para médicos do PSF com salários de R$ 8 mil

Profissionais interessados devem procurar o setor de Recursos Humanos da Secretaria de Saúde
Fábio Barbosa  |  10/09/2017 17:27
noticia Prefeitura abre 10 vagas para médicos do PSF com salários de R$ 8 mil
noticia Prefeitura abre 10 vagas para médicos do PSF com salários de R$ 8 mil

A Secretaria de Saúde de Campina Grande está recrutando profissionais médicos para trabalhar na Atenção Básica de Saúde, ou seja, nos Postos de Saúde da Família. Estão sendo abertas 10 vagas inicialmente e, com as contratações, a secretaria espera suprir a falta de médicos nas unidades.

Os profissionais interessados devem procurar o setor de Recursos Humanos da Secretaria, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, com todos os documentos comprobatórios da formação e da experiência. A seleção será simplificada, com base na análise curricular dos candidatos. A remuneração oferecida é de R$ 8 mil.

Das 107 equipes de Estratégia de Saúde da Família, quase 87,85% têm médico. Campina Grande deve receber 5 profissionais do novo edital do programa Mais Médicos nos próximos dias, e contratar dez profissionais por meio dessa seleção que foi instaurada, superando assim com saldo a falta de médicos nas unidades.

“Essa falta de alguns profissionais momentânea se dá não por nossa vontade ou ingestão, mas pela dificuldade de recrutamento de médicos e pela descontinuidade de programas de convênios com o Governo Federal de provento para a contratação de médicos”, explicou o Gerente de Atenção Básica, Miguel Dantas.

Miguel explicou que apesar da ausência do médico em algumas unidades, todo o restante da equipe multidisciplinar está disponível. “Temos enfermeiros em mais de 98% das equipes e todos os demais profissionais. Precisamos entender que a estratégia de saúde da família não se restringe à cultura ‘medicalocêntrica’, mas que há uma série de outros profissionais na Atenção Básica, que acompanham cotidianamente os pacientes, e que dão resolutividade a quase todos os problemas, sem necessariamente precisar da figura do médico”, explicou.

A Secretaria Municipal de Saúde implantou em 2013 o Programa de Residência Médica como forma de capacitar os profissionais recém-formados para atuarem na área da Atenção Básica. Todos os anos são formadas turmas com residentes em Medicina Geral da Família e da Comunidade.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Quatro Internas