PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

MPE emite parecer favorável a cassação de prefeito e vice de Triunfo

Se mantida essa decisão, serão realizadas novas eleições no município
Fábio Barbosa  |  05/10/2017 06:49
noticia MPE emite parecer favorável a cassação de prefeito e vice de Triunfo
noticia MPE emite parecer favorável a cassação de prefeito e vice de Triunfo

Seguindo a sentença do juiz eleitoral da comarca de São João do Rio do Peixe, Agílio Tomaz Marques, que no dia 10 de Julho cassou o mandato do prefeito e vice da cidade de Triunfo, o Ministério Público Eleitoral apresentou parecer favorável à cassação dos gestores, José Mangueira Torres (PTB) e Francisca Franciele Gonçalves, respectivamente, acusados de compra de votos nas eleições de 2016.

A ação movida pelo então candidato às eleições de 2016 Joaquim Júnior Gonçalo Feitosa já está no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, onde agora será analisada pelo juiz relator Breno Wanderley.

Além da cassação, o juiz arbitrou uma multa de R$ 30 mil Ufir para o prefeito e o mesmo valor para a vice. O ex-prefeito Damísio Mangueira da Silva também foi multado em R$ 30 mil Ufir. Conforme a decisão do juiz terão que ser realizadas novas eleições no município de Triunfo, já que além da cassação do candidato eleito há a anulação de mais de 50% dos votos dados.

Zé Mangueira obteve 51,24% dos votos; o segundo colocado Júnior Glória (PSB), 48,26%; e o terceiro colocado, Dr. José Carlos (PRB), 0,50%. Através de uma liminar concedida pelo TRE-PB, o prefeito e a vice continuam nos cargos.

Resenha Politika

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores