PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Policlínica de Sousa terá equipamento de teste rápido para tuberculose

Equipamento facilita o diagnóstico da doença, já que o teste é automatizado
Fábio Barbosa  |  09/10/2017 15:33
noticia Policlínica de Sousa terá equipamento de teste rápido para tuberculose
noticia Policlínica de Sousa terá equipamento de teste rápido para tuberculose

Devido ao empenho do Prefeito de Sousa, Fábio Tyrone e a Secretária Municipal de Saúde, Amanda Silveira, o município de Sousa, conta com uma máquina de teste rápido molecular para tuberculose (TRM-TB). O equipamento será instalado na Policlínica Municipal.

O Prefeito Tyrone afirmou que o equipamento para teste de tuberculose é de extrema relevância para equipar o serviço de saúde do município. “Essa conquista faz parte do comprometimento da secretária Amanda e toda sua equipe. Estamos buscando oferecer uma saúde pública de qualidade ao cidadão sousense. Esse é o nosso propósito nos 4 anos de governo”, destacou.

Já conforme e Secretária Amanda Silveira, o equipamento facilita o diagnóstico da doença, já que o teste rápido molecular para tuberculose é automatizado, simples, rápido e de fácil execução nos laboratórios. Ele detecta simultaneamente, em apenas duas horas, o Mycobacterium tuberculosis (bactéria causadora da tuberculose) e a resistência ao medicamento rifampicina (RIF), a principal droga utilizada no tratamento da tuberculose, o que permite maior agilidade no diagnóstico e no início do tratamento.

A Secretária ainda acrescenta que a máquina traz a oportunidade de um diagnóstico rápido e de qualidade, que leva ao tratamento também mais rápido e eficaz. “Com o teste rápido, o profissional sabe exatamente o tipo de tratamento que o paciente não vai responder”, disse Amanda Silveira,  que completou orientando que o equipamento tem três indicações de uso: investigação de tuberculose em possíveis casos novos, em populações vulneráveis (profissionais de saúde, pessoas vivendo com HIV/Aids, pessoas privadas de liberdade, pessoas em situação de rua, indígenas, contatos de TB drogarresistente – TBDR) e casos de retratamento, ou seja, os indivíduos que abandonaram o tratamento e querem recomeçar.

Assessoria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores