PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Carne não é necessária para ter músculos, diz alemão vegano

Fritz sempre cuidou do corpo, mas não alcançava o físico desejado. Porém, após radicalizar na dieta e tornar-se vegano ganhou 14 kg de massa magra
Fábio Barbosa  |  16/10/2017 06:43
noticia Carne não é necessária para ter músculos, diz alemão vegano
noticia Carne não é necessária para ter músculos, diz alemão vegano

Obcecado pelo corpo, o alemão Fritz Hortsmann, de apenas 20 anos, transformou seu físico ao se tornar vegano. O rapaz sempre gostou de cuidar da aparência, mas estava lutando para conseguir ganhar mais músculos sem obter sucesso algum. A mudança desejada veio justamente com a mudança na alimentação que, em vez de fazê-lo emagrecer (como muitos imaginariam), fez com que ele finalmente ganhasse músculos e chegasse ao físico que sempre sonhou.

Como a experiência foi bem sucedida, Fritz faz questão de compartilhar sua história com quem também deseja ser vegano , mas sente algum tipo de receio. Ao veículo britânico “Daily Mail”, o rapaz conta qque uma das perguntas mais frequentes que ouve das pessoas é: “Você não precisa da proteína da carne para ganhar músculos?”. A reposta dele? Não! “As pessoas ficam surpresas quando me veem ou me conhecem pessoalmente porque não me associam a uma pessoa vegana. Muita gente pensa que quem não come carne é fraco e magro”, conta Fritz.

Caminho difícil

Antes de mudar alimentação, o rapaz pesava 74 kg e mantinha uma dieta que combinava proteínas e laticínios, muitas vezes ignorando completamente a existência dos vegetais. Ele via essa alimentação com um “combustível” para conseguir render mais nos exercícios da academia. Porém, como não conseguia os resultados esperados, passou a pesquisar sobre o assunto, não ficou feliz com o que leu a respeito dos efeitos da carne animal na saúde humana e decidiu radicalizar. Ele começou adotando uma alimentação vegetariana, evoluindo pouco a pouco para o veganismo.

Hoje, quem vê o rapaz pensa que a mudança foi algo fácil, mas, no início, ele precisou lutar para se adaptar à nova alimentação. A carne e outros alimentos precisaram ser substituídos por comidas que variam de quinoa a carne de frango vegana e ele também teve de começar a incluir frutas e verduras no cardápio.

“Sei que forneço os nutrientes certos para o meu corpo, para que ele possa funcionar bem, e estou criando um futuro muito mais brilhante para mim e para o meio ambiente”, enfatiza. “Sabe aquela sensação de que está pesado depois de comer batatas fritas gordurosas ou um hambúrguer? Eu simplesmente não quero me sentir assim depois de comer e meu corpo agradece por todos os bons alimentos que consumo”, completa.


Excelentes resultados

Após mudar a dieta, Fritz ganhou 14 kg de massa magra e passou a pesar 88 kg. O alemão ficou extremamente feliz com esse resultado e garante que ganhou músculos sem precisar de nenhum suplemento. “Eu decidi que queria viver mais tempo e ter uma vida mais feliz e mais gratificante. Depois de ver os benefícios ambientais e em relação aos animais, não houve retorno”, lembra Fritz.

O conselho que o jovem dá às pessoas é que elas busquem mais informações sobre o vaganismo para que entendam todos os benefícios que esse estilo de alimentação pode trazer para o corpo. “Mude lentamente, então corte ovos e laticínios primeiro e deixe a carne só para o final. Você pode começar sendo vegano de três a quatro dias por semana ou em apenas uma das refeições, isso vai te ajudar a fazer as substituições com mais facilidade. Tudo depende totalmente de você”, finaliza.

Daily Mail

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Patrocinadores