PUBLICIDADE
publicidade Aruska
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Instrutor de rapel paraibano morre durante escalada em pedra no RN

Wolgrand de Melo caiu quando recolhia equipamentos da Pedra do Oratório, em Passa e Fica
Fábio Barbosa  |  16/04/2017 10:00
noticia  Instrutor de rapel paraibano morre durante escalada em pedra no RN
noticia  Instrutor de rapel paraibano morre durante escalada em pedra no RN

O instrutor de rapel paraibano Wolgran de Melo Falcão, de 46 anos, morreu, neste sábado (15), após cair de cerca de 25 metros durante escalada na Pedra do Oratório, que fica no Rio Grande do Norte, bem próxima à divisa com a Paraíba. Segundo o delegado de Solânea, Luiz Gonzaga, que atendeu a ocorrência, o acidente aconteceu por volta das 11h40.

Médicos que participavam do rapel comandado por Wolgran tentaram socorrer o instrutor, levando-o para um bar de apoio aos adeptos do esporte que fica na Pedra da Boca, no município paraibano de Araruna, distante cerca de 100 metros do local do acidente. “As lesões foram muito graves e a vítima já chegou ao bar em óbito”, informou o delegado.

Ainda de acordo com Luiz Gonzaga, uma testemunha informou que o acidente teria acontecido porque a vítima cometeu um erro de procedimento. “Era pra ele ter dado dois nós e ele só deu um. Segundo a testemunha, ao perceber a falha, Wolgran ainda teria dito algo como ‘ai, que droga’ antes de cair da pedra”, completou o delegado.

O corpo do instrutor de rapel foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Guarabira.

Portal Correio

DÚVIDAS

Ainda não há notícias oficiais sobre as causas reais do acidente e as informações divulgadas pela imprensa ainda são conflituosas. Segundo o delegado de Solânea-PB, Luiz Gonzaga, o qual atendeu à ocorrência, uma testemunha disse que houve um erro de procedimento, possivelmente provocado por distração do escalador. Segundo a mesma testemunha o escalador “Vulcabrás” possivelmente teria errado o nó, quando posteriormente percebeu o erro segundos antes do acidente.

Entretanto todas as informações disponíveis ainda são conflituosas e parte da comunidade, ainda chocada pela perda de Wolgrand Falcão, está incrédula com o fato de que o escalador, conhecido por ser atento aos procedimentos de escalada, tenha cometido tal erro. O corpo do escalador está no IML e nenhum comunicado oficial sobre as causas do acidente foram divulgadas.

Quem era Wolgrand Falcão

“Vulcabrás” era um dos escaladores mais queridos do Nordeste e um dos maiores difusores do esporte no Brasil.

Sua biografia se confunde com a própria história da escalada nordestina. Wolgrand Falcão era considerado pela comunidade nordestina de escalada “lendário e queridíssimo” segundo uma pessoa contactada pela redação, mas que pediu para não ter o nome publicado.

Seu prestígio diante dos escaladores do nordeste era imenso e, por isso, era considerado das principais vozes representantes da escalada nordestina. Wolgrand Falcão era constantemente chamado para falar pelo esporte por sua liderança e por ser representante da Associação Paraibana de Escalada(APE). Falcão também fazia parte do o muro de escalada CLIMB On, considerado por muitos um dos mais importantes centros de escalada do Nordeste.

Blog de Escalada

PUBLICIDADE