PUBLICIDADE
publicidade Aruska
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Confusão na Câmara de Vereadores de Pedra Branca acaba na delegacia

Presidente teria expulsado mulher de vereador da sessão
Fábio Barbosa  |  19/04/2017 08:26
noticia Confusão na Câmara de Vereadores de Pedra Branca acaba na delegacia
noticia Confusão na Câmara de Vereadores de Pedra Branca acaba na delegacia

O vereador Roberto Rodrigues (foto) prestou queixa na delegacia de Itaporanga contra o presidente da Câmara Municipal de Pedra Branca, conhecido como Galego Félix, que é aliado politico do atual prefeito. O episódio que resultou no Boletim de Ocorrência foi na última sessão legislativa, na manhã doúltimo sábado, 8.                

Conforme relatou o vereador Roberto, o presidente da Câmara impediu que sua esposa, que fazia uso de um celular para realizar uma transmissão ao vivo pelo Facebook da fala do seu esposo, filmasse também o pronunciamento do vereador Geudiano de Sousa, que, igualmente, integra o bloco de oposição.

De acordo com Beto, como popularmente é conhecido, além de impedir sua esposa de realizar a filmagem pelo celular, o presidente da Câmara também a expulsou do plenário legislativo, o que motivou um desentendimento verbal entre Beto Rodrigues e Galego Félix.

Segundo ainda Beto, no final da sessão, a mulher do presidente da Câmara teria aparecido no legislativo e reiniciado a discussão, com ameaças contra ele e sua esposa.

Desde a legislatura passada, a Câmara de Pedra Branca tem sido palco de acirradas brigas verbais entre vereadores, e agora o desentendimento começou a se estender para a família.

Folha do Vale

PUBLICIDADE