PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Mulheres ocupam funções de comando e fazem história no Corpo de Bombeiros

Elas comandam guarnições, dirigem veículos de alto porte, são guarda-vidas, peritas e vistoriantes, chefes de unidades e seções
Fábio  |  01/04/2017
noticia Mulheres ocupam funções de comando e fazem história no Corpo de Bombeiros
noticia Mulheres ocupam funções de comando e fazem história no Corpo de Bombeiros

 Elas estão efetivamente no Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) há apenas 17 anos, dentre os 100 de história da corporação. Mesmo assim, em pouco tempo, com dedicação e compromisso conquistaram espaço nas diversas atividades operacionais e em cargos de comando, exercendo hoje as mesmas atividades desempenhadas pelos homens. Foram quatro as pioneiras, hoje são 113 as bombeiras militares que fazem história no CBMPB, representando cerca de 10% do efetivo total da instituição.

Elas comandam guarnições, dirigem veículos de alto porte, são guarda-vidas, peritas e vistoriantes, chefes de unidades e seções. “Ao longo desses anos conquistamos posições de liderança. Só nos últimos dez anos, tempo de emancipação da corporação, constatamos, em um trabalho de pesquisa, que 35% dos batalhões da corporação foram em algum momento comandando por mulheres”, revelou a tenente coronel Jousilene de Sales, integrante da primeira turma com presença feminina que ingressou no CBMPB, no ano 2000.

Atualmente, ela é comandante do 2º Comando Regional de Bombeiro Militar, que gere administrativamente o 2º e o 3º Batalhão Bombeiro Militar. Está à frente de centenas de homens, liderando-os, motivando-os, trabalhando duro em prol da sociedade paraibana. “Destacamo-nos, entre outras características a nós inerentes, pelo trabalho social, o ver humano, a capacidade de enxergar além do que é facilmente visto, sem perder a sensibilidade e a vaidade”.

Para a tenente coronel, conforme dados coletados em pesquisa que versa sobre a presença feminina no CBMPB, daqui a 100 anos, nesse ritmo de conquistas, as mulheres da corporação estarão equiparadas ao masculino em questão de funções de liderança – quebrando cada dia mais paradigmas.

Secom PB

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
publicidade Quatro Internas