PUBLICIDADE
publicidade Câmara Municipal de Poço de José de Moura
PUBLICIDADE
publicidade Geral

Polícia desarticula grupo responsável por homicídios, tráfico e roubos na Paraíba

Fábio Barbosa  |  11/05/2017 18:34
noticia Polícia desarticula grupo responsável por homicídios, tráfico e roubos na Paraíba
noticia Polícia desarticula grupo responsável por homicídios, tráfico e roubos na Paraíba

O trabalho de investigação desenvolvido pela Polícia Civil da Paraíba na região de Esperança teve como resultado a prisão de seis pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha responsável pela prática de homicídios, tráfico e crimes patrimoniais. A ‘Operação Warriors’ teve duração de 72h e foi realizada por equipes da 12ª Delegacia Seccional, apreendendo ainda oito armas de fogo, um veículo, e diversos objetos oriundos de roubos ou furtos, além de entorpecentes.

De acordo com o delegado Henry Fábio, da 12ª Seccional, a operação foi iniciada na segunda-feira (8) e finalizada nessa quarta-feira (10), com prisões que aconteceram tanto na zona urbana como na zona rural da área polarizada por Esperança.

Foram autuados em flagrante:

  • Josineide dos Santos;
  • Adriano Linhares da Silva;
  • Anderson Feliciano do Nascimento;
  • Diego Agostinho Marcelino;
  • Humberto Alves da Silva; e
  • José Vitório Cavalante”.

Foram apreendidos quatros revólveres calibre 32, um revólver calibre 38, uma escopeta de repetição calibre 12, uma espingarda Puma calibre 44 e uma rifle Acter de três canos, calibres 28, um carro VW Fox roubado, além dos objetos supostamente roubados ou furtados, e drogas.

A Polícia ainda afirmou que o grupo criminoso agia há pelo menos seis meses em toda a região, e principalmente em Esperança. Areial, Montadas e Remígio. “O nome da operação fez referência ao comprometimento da equipe do Núcleo de Homicídios, que agiram como guerreiros, incansavelmente para atuar no combate à criminalidade e juntamente com outras seccionais e Polícia Militar contribuem para apresentar um dos maiores índices de redução de homicídios no Estado”, destacou o delegado Henry Fábio.

Todos os presos foram encaminhados à sede da Delegacia Seccional de Esperança para confecção de procedimentos, onde permanecem à disposição do Poder Judiciário para audiência de custódia.

Polícia Civil

PUBLICIDADE