Vereador perde segundo filho durante incêndio em fábrica na PB

Inquérito vai apurar se o local tinha autorização para a fabricação de fogos de artifício.

Por Fábio F Barbosa 09/10/2019 - 15:37 hs
Foto: Reprodução

Um incêndio destruiu uma fábrica clandestina de fogos de artifícios, na tarde da última terça-feira (8), em Solânea, no Brejo da Paraíba. No incêndio, o adolescente Joalaaf Kaike de Moura, de 15 anos, foi arremessado a uma distância de 50 metros e morreu no local.

Ele era filho do vereador Josué Pereira conhecido por Zué, proprietário da fábrica. Joalaaf é o segundo filho do vereador que morre em um incêndio em fábrica de fogos. O outro incêndio aconteceu a cerca de 10 anos e vitimou um outro filho de Zué, que na época também tinha 15 anos e um irmão do vereador.

O vereador e um funcionário também estavam trabalhando no local. Eles foram socorridos para o Hospital de Trauma de João Pessoa. O funcionário do vereador segue em estado grave, já Zué tem estado de saúde considerado estável.

A Polícia Civil descobriu um galpão escondido no local com grande
quantidade de fogos de artifício armazenados. O material foi apreendido e
vai passar por perícias.

O inquérito vai apurar se o local tinha autorização para a fabricação de fogos de artifício.

ClickPB