GERAIS

Playlist: 5 coisas imperdíveis para ler e jogar em setembro

Kojima em sua força máxima

Em 2015, Hideo Kojima foi demitido da Konami, onde trabalhou 29 anos - é o autor da série Metal Gear Solid, que vendeu 57 milhões de cópias. Mas ele deu a volta por cima: em 2019, lançou o estranho e genial Death Stranding, em que você é um carteiro num mundo apocalíptico. Agora, o game ganha uma versão para PlayStation 5 - com gráficos melhorados, novas áreas e missões.

Death Stranding: Director’s Cut. Para PS5. US$ 50 (upgrade: US$ 10).


Editora Zahar/Reprodução

As emoções dos animais

O que os bichos realmente sentem? O que eles pensam de nós? Será que somos inteligentes o bastante para conseguir desvendar, um dia, o quão inteligentes eles realmente são? Neste livro, o primatologista holandês Franz de Waal tenta responder a isso com um arsenal de estudos científicos e histórias emocionantes que ele acumulou em décadas observando os animais - como os últimos minutos de vida de Mama, uma chimpanzé de 59 anos.

O Último Abraço da Matriarca. R$ 67.


Editora Intrínseca/Reprodução

O átomo da biologia

Tudo o que é vivo é feito de células. A célula é a coisa mais simples que está viva. Parece óbvio, mas foi uma novidade revolucionária para a ciência do século 19. Neste livro, o inglês Paul Nurse, vencedor do Prêmio Nobel de Medicina, narra a descoberta desse e de outros conceitos fundamentais da biologia, como os genes e a evolução.

O Que é a Vida? R$ 36,90.


Sega/Reprodução

A evolução de um povo

Em jogos como Civilization, você pode controlar povos reais ou construir a própria sociedade. Este game segue a mesma lógica, mas com uma diferença crucial: você pode mudar a vocação do seu país entre uma era histórica e outra (são ao todo seis). Dá para começar priorizando o comércio marítimo, por exemplo (como os fenícios), mas se tornar expansionista (como os mongóis) e depois virar potência industrial (China) ou do agronegócio (Brasil).

Humankind. Para Windows. R$ 168.


Summus Editorial/Reprodução

“Atribuí a história ao efeito dos medicamentos, à baixa oxigenação cerebral, à influência dos anestésicos ou a qualquer outra causa que eu não conseguiria alcançar naquele momento”,

escreve o neurocirurgião brasileiro Edson Amâncio neste instigante livro, em que ele conta casos impressionantes de pessoas que relataram ter saído do próprio corpo - e usa a ciência para tentar desvendá-los.

Experiências de Quase Morte. R$ 43.






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM