PARAÍBA

Suspeito de atuar como matador de organização criminosa é preso na Paraíba

Homem estava no Sertão paraibano para matar uma nova vítima, segundo polícia. Um suspeito de atuar como matador para uma organização criminosa foi preso no município de Brejo dos Santos, nesta sexta-feira (22). De acordo com a Polícia Civil, o homem de 33 anos, estava foragido de São Paulo desde o ano passado e estaria no Sertão paraibano para matar uma nova vítima.
Leia também:
Detalhes sobre a operação que terminou com a morte de dois integrantes da organização criminosa
A prisão aconteceu por meio de uma ação conjunta entre as Polícias Militar e Civil da Paraíba e da Polícia Civil de Alexandria (PCRN). O homem está detido, à disposição da Justiça.
Conforme a Polícia Civil da Paraíba, o homem preso é membro de uma organização criminosa que já foi alvo de investigações das polícias civis do Rio Grande do Norte e da Bahia, durante a operação 'Sinaloa', que apura o tráfico internacional de drogas.
O presidente da Câmara de Vereadores de João Dias, que também é o pai da prefeita da cidade, foi preso na mesma operação em 2020. A gestora teve mandado de prisão expedido, mas ficou foragida.
Na última terça-feira (19), dois irmãos da prefeita morreram em um confronto com a Polícia Civil da Bahia. Eles, que também eram investigados pela Operação Sinaloa, foram baleados na troca de tiros e não resistiram aos ferimentos.
Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



PARAÍBA  |   29/11/2021 18h57





PARAÍBA  |   29/11/2021 15h42


PARAÍBA  |   29/11/2021 14h00