POLICIAIS

Paraibana confessa ter matado pai para beber sangue dele
Ela disse que havia sido estuprada por ele, e por conta disso, resolveu se vingar, ”fazendo justiça com as próprias mãos”.


Reprodução

Uma mulher confessou, no último dia 19  que matou seu pai em 2015, na Paraíba. Ela disse que havia sido estuprada por ele, e por conta disso, resolveu se vingar, ”fazendo justiça com as próprias mãos”.

 
Num acesso de contas, ela o esfaqueou e bebeu todo seu sangue, e só não fez coisas ainda mais piores porque não teve coragem.



Inclusive, ao chegar em casa, de moto, ela disse para a mãe que ”não iria mais vê-la”, pois já havia pensado em matar seu progenitor há algum tempo, após ter sido estuprada.

 
Ainda no vídeo, mesmo estando já presa, ela não se arrependeu do que fez, e disse que ainda queria arrancar a cabeça do pai abusivo e empalá-lo em uma estaca, mas não conseguiu.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLICIAIS  |   29/11/2021 04h40

Bernardino Batista - PB
 




POLICIAIS  |   28/11/2021 17h54

Bernardino Batista - PB
 

POLICIAIS  |   28/11/2021 14h00