PARAÍBA

CRM-PB pede cautela às autoridades na reabertura para grandes eventos
Essa recomendação surge após a preocupação com o surgimento das variantes novas que circulam no mundo.


Foto: Walla Santos

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) pediu cautela às autoridades sanitárias na hora de flexibilizar a reabertura de grandes eventos no Estado como festividades de fim de ano: Natal e Réveillon. De acordo com o diretor de Fiscalização do órgão, Bruno Leandro de Souza, é necessário observar a taxa de transmissibilidade, o número de hospitalizados e a mortalidade antes de tomar as decisões.

 

Continuamos incentivando às vacinas. Estas são cientificamente comprovadas capazes de frear a transmissibilidade da doença. No momento há de se assegurar um maior controle possível. Novas variantes pelo mundo estão surgindo, no Brasil uma variante trazida da África do Sul tem trazido preocupação e nós não sabemos o potencial de mortalidade ainda dessas variantes, mas sabemos que um potencial de grande transmissibilidade”, informou ao programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM, desta segunda-feira (29).

 
Diante disso, o diretor de Fiscalização pediu cautela às autoridades públicas na hora da reabertura para grandes eventos.
 

Entendemos que é necessário um acompanhamento contínuo para que se verifique a alta taxa de transmissibilidade, o número de pacientes hospitalizados e a mortalidade. Esses indicadores serão os mais importantes para que tomadas de decisão sejam cientificas e que tenham realmente impacto na saúde pública paraibano”, comentou, como acompanhou o ClickPB. 






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM