PARAÍBA

Estado vai convocar professores aprovados em concurso e implantar aumento salarial
O governador explicou por que houve a necessidade de convocar novos professores para atuarem na rede estadual de ensino em 2022.


Reprodução

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (13), uma nova convocação de professores do concurso do magistério da Paraíba (Edital n. 01/2019/Sead/Seect) para ocupação de 67 vagas remanescentes.

Na oportunidade, ele também comentou sobre os resultados dos Prêmios Escola de Valor e Mestres da Educação. A informação foi repassada durante o programa Conversa com o Governador, transmitido em cadeia estadual pela rádio Tabajara e pelas redes sociais do governo. 

 
O governador explicou por que houve a necessidade de convocar novos professores para atuarem na rede estadual de ensino em 2022. "Estamos chamando mais alguns professores daquele concurso que realizamos e ainda tem algumas vagas, porque uns profissionais não apareceram. Então, estamos fazendo esse chamamento de 67 professores. Essas nomeações vão ocorrer em 2022", frisou.

João Azevêdo também aproveitou o programa Conversa com o Governador para informar sobre o resultado final dos prêmios para profissionais da área da educação. "O Prêmio Escola de Valor teve 237 escolas inscritas, dentre elas, 140 foram contempladas. Foram 3.926 servidores contemplados e o valor investido foi de mais de R$ 13 milhões. Já o Prêmio Mestres da Educação teve 2.035 docentes inscritos e 1.215 docentes contemplados. Foi investido o valor de R$ 5,2 milhões. No total, foram 5.141 servidores contemplados e um investimento aplicado de mais de R$ 18 milhões", pontuou.

PCCR do Magistério

Durante o programa, João Azevêdo também citou o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Magistério. "Estamos trabalhando para que o estado possa, a partir de janeiro, começar a implementar e já fazer os devidos ajustes, inclusive na tabela de pagamento dos professores. Mas este é um trabalho que será anunciado posteriormente", concluiu.

O Governo do Estado da Paraíba, por meio da Seect e Sead, criará uma comissão específica para reestruturação de planos de carreiras do magistério estadual da Paraíba. A comissão deverá ser composta por integrantes da Sead, da Seect e por representantes da classe dos profissionais do magistério estadual. 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM