GENTE | LUTO

Batoré, ator e humorista, morre aos 61 anos em São Paulo
Ivanildo Gomes Nogueira estava com câncer. Ele fez o papel do delegado Queiroz na novela 'Velho Chico', da TV Globo.


Reprodução

O ator Ivanildo Gomes Nogueira morreu aos 61 anos, de câncer, nesta segunda-feira (10). Famoso pelo personagem Batoré, do humorístico A Praça é Nossa, do SBT, e o delegado Queiroz, da novela Velho Chico, da Globo, ele estava internado em uma Unidade de Atendimento Médico (UPA) de Pirituba, na Zona Norte de São Paulo. O cotpo do ator será velador e sepultado em Cabreúva, interior de São Paulo, onde sua família tem um jazigo, e seu pai e irmão estão enterrados. Ele deixa dois filhos, Ivann e Alexandra.

"As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido", dizia uma nota do órgão, segundo o site G1.

 
No Instagram, a última publicação do artista foi há três dias, relembrando uma apresentação. "Com meus filhos e aqui eu me sinto 100% vivo!!! Que saudade do meu trabalho. A segunda foto foi em um show beneficente para o nosso saudoso amigo Rapadura!!!", escreveu ele. O empresário de Batoré, Admir Uduvic da Silva, o Juca, disse que o amigo estava "em um estado depressivo".

(Reprodução)



"Trabalho com ele desde 1992, não estou acreditando. Acabei de pegar minha esposa e estou indo para a casa dele. Tudo o que estou sabendo é através da imprensa. O que sei é que ele estava em um estado depressivo. Daqui a pouco falo com você", desabafou Uduvic por telefone a Quem.

Após ir à casa de Batoré, o empresário conversou novamente com Quem.

As informações que tenho é que, até meio-dia de hoje, ele estava bem. Ele foi ontem à noite para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba porque estava com as pernas inchadas. Conversei com o filho e a ex-esposa dele e eles me contaram que ele estava conversando, brincando, e, às 15h, teve uma parada cardíaca", contou. "Não tenho nem o que falar, foi totalmente de repente. Falei com ele na sexta, ele estava bem, o Batroré de sempre. É difícil acreditar", completou.




Confira o vídeo:






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM