GENTE | RITUAL DE MAGIA

Trio viola túmulo e tenta roubar caixão com corpo de idosa, no RN
Familiares da idosa reconheceram o corpo como sendo de Maria Antônia de Souza, 94 anos, os homens teriam afirmado que iriam fazer um ritual.


Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Durante o fim de semana, o trio pagou a fiança estabelecida pela Polícia Civil, de R$ 400 para cada um, e foi liberado.

O caso inicialmente foi apurado pela Central de Flagrantes da Polícia Civil, mas será encaminhado para o 7º Distrito da Polícia Civil em Natal, que ficará responsável pela investigação e, entre outras respostas, deverá apontar a motivação para o crime.

O caso aconteceu no início da tarde de sábado (8) e foi flagrado pela Polícia Militar. De acordo com os militares do 9º Batalhão da PM, os suspeitos foram vistos pulando o muro do cemitério por volta das 12h. Ao deter os suspeitos, os policiais encontraram o caixão fora do túmulo e já perto do muro.

 
Segundo a família da idosa, que foi chamada ao cemitério e reconheceu o corpo como sendo de Maria Antônia de Souza, 94 anos, os homens teriam afirmado que iriam fazer um ritual.
 

Ficamos em pânico. A família está abalada com isso tudo. A gente nunca viu algo assim acontecer, ainda mais porque a gente soube que ela seria levada para um ritual de magia negra. A gente fica bastante abalado. Particularmente, eu não acredito", disse o neto da idosa, Francinaldo Lacerda, ainda no sábado (8).


(Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi)



Segundo policiais militares que atenderam a ocorrência, um dos homens presos, que seria o dono dos veículos, afirmou que a mulher fez mal a ele no passado e, para "quebrar a maldição", precisava levar o corpo e enterrá-la de cabeça pra baixo na beira da praia.

Sepultamento

Policias Militares desconfiaram de veículos estacionados ao lado de cemitério e flagraram tentativa de roubo de caixão com corpo de idosa em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi



A mulher morreu no dia 5 de janeiro em Campo Sales, no interior do Ceará, vítima de pneumonia e parada cardíaca.

Segundo a família, ele foi trazida para Natal e sepultada ao lado do corpo do marido na última quinta-feira (6), conforme havia pedido ainda em vida.

Após o crime, o corpo foi novamente sepultado, na presença da família, ainda na tarde do sábado (8).




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






GENTE   |   27/01/2022 05h09


GENTE   |   26/01/2022 13h15

Cajazeiras - PB