PARAÍBA

Serralheiro é assassinado quando realizava o conserto de uma porta, em Campina Grande


Vítima morreu antes mesmo da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao local. Ninguém foi preso. Serralheiro é assassinado quando realizava o conserto de uma porta, em Campina Grande
Reprodução/TV Paraíba
Um homem foi morto a tiros no início da tarde desta terça-feira (11), no bairro Ramadinha, na cidade de Campina Grande, na região do Agreste paraibano. Ramilsson Nóbrega dos Santos, de 38 anos, trabalhava como serralheiro e estava fazendo o conserto de uma porta, quando dois homens teriam chegado ao local e efetuado os disparos. A vítima morreu antes mesmo da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao local.
Conforme o delegado Francisco de Assis, da Polícia Civil, ainda não se sabe se os dois homens teriam chegado ao local de carro ou moto. A vítima foi atingida na cabeça e na região do tórax.
O pai de Ramilsson, Severino Ramos, disse em entrevista à TV Paraíba que o filho dele era um trabalhador.

Hoje era a folga dele e um menino da gangue marcha à ré foi atrás dele para ajeitar uma porta, mas aí deu azar

, afirmou.
Ainda segundo a família, Ramilsson tinha passagem pela Polícia. Ele era bastante conhecido no bairro e muitas pessoas compareceram até o local do crime.
A Polícia Civil segue investigando o caso e pede ajuda da população, que pode realizar denúncias através do telefone 197. Buscas continuam sendo realizadas para encontrar os dois suspeitos, que seguem foragidos.
Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM