ESPORTES

Ademir, Fábio Gomes, Godín: diretor do Galo explica critério para contratar

O Atlético deve iniciar a pré-temporada de 2022, na próxima segunda-feira, com três reforços contratados: o zagueiro Diego Godín, o ponta Ademir e o centroavante Fábio Gomes. Diretor de futebol do clube alvinegro, Rodrigo Caetano justificou a escolha pelo trio.



O primeiro nome anunciado foi o de Ademir, destaque do América nos últimos anos. O jogador de 26 anos deixou o América com 121 jogos, 32 gols, dez assistências e o status de ídolo em um elenco que fez história com a classificação inédita à Copa Libertadores.

Fizemos um pré-contrato com o Ademir porque vimos ele se destacar

, explicou Caetano.

Em seguida, o dirigente falou sobre Fábio Gomes. O centroavante de 24 anos tinha os direitos ligados ao Oeste, do interior de São Paulo, mas se destacou em 2021 com a camisa do New York Red Bulls, dos Estados Unidos.

É um jogador de um potencial enorme, e nós entendemos que era o momento de trazer um jogador jovem, com capacidade de evolução

, prosseguiu o diretor.

Por fim, a contratação de maior peso: Diego Godín. O defensor de 35 anos, capitão da Seleção Uruguaia, rescindiu com o Cagliari e assinou contrato com o Galo. Ele repõe a saída de Junior Alonso, capitão pilar da zaga atleticana em 2021. O paraguaio foi vendido por 8,2 milhões de dólares (cerca de R$ 45 milhões) ao Krasnodar, da Rússia.

O Godín: perdemos um dos pilares da nossa equipe titular, que foi o Junior (Alonso), então tínhamos a necessidade de repor com um jogador desse perfil

, justificou Rodrigo Caetano.

Vem mais?


Além do trio, o Atlético reforçou o elenco com dois retornos. Formados na base alvinegra, o zagueiro Vitor Mendes e o meio-campista Guilherme Castilho, ambos de 22 anos, retornam ao clube após cumprirem, com destaque, período de empréstimo ao Juventude.

Outro nome certo é o do volante Otávio. O jogador de 27 anos foi revelado pelo Athletico-PR e tem contrato com o Bordeaux, da França, até junho, no fim da temporada europeia. Ele assinou pré-contrato com o Galo e reforça o clue no meio do ano.

Mas vem mais por aí?

O torcedor sempre quer novidades, mas volto a afirmar: nós não falamos em ruptura, mas em continuidade. Não podemos falar em reformulação. Como reformular a equipe que ganhou praticamente tudo?

, questionou Caetano.

Serão questões pontuais, caso tenhamos saídas. A nossa ideia é a manutenção de todos os que estão, do jeito que estamos. Se tiver oportunidade, estaremos atentos ao mercado como comprovamos nesses últimos casos

, completou.






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM