ESPORTES

Técnico do Flamengo recorda parceria com Ronaldo na Inter: 'Extraordinária'

O técnico Paulo Sousa, recém-contratado pelo Flamengo, relembrou a parceria com Ronaldo na Inter de Milão, da Itália, na década de 1990. Gestor do Cruzeiro, o Fenômeno recebeu, junto do português, um apelido curioso.



Ambos chegaram ao clube italiano em 1997. Eles foram companheiros de time até 1999, quando o meio-campista Sousa foi para o Parma. O então atacante brasileiro permaneceu até 2002, ano em que foi contratado pelo Real Madrid, da Espanha.

O comandante do Flamengo ainda revelou um apelido curioso que a dupla recebeu: padeiros. Em vídeo divulgado pela TV do clube carioca nessa quinta-feira, Paulo elogiou a carreira de Ronaldo e disse que a relação entre eles era 'extraordinária'. 

O Fenômeno, o Ronaldo, na Inter foi outro jogador que vivenciei. Nos chamavam de padeiros, não sei porque, não é que eu gostasse muito de pão, por acaso até gostava (risos). Tínhamos uma relação também extraordinária, um jogador que marcou no mínimo uma década do futebol mundial por tudo aquilo que ofereceu ao Brasil e ao futebol mundial

, afirmou Paulo Sousa.

Ronaldo se tornou empresário e assinou, em dezembro, a intenção de compra de 90% das ações da Sociedade Anônima (SAF) do Cruzeiro. Ele tem o desafio de sanar as dívidas do clube celeste e colocá-lo de volta na Série A.



Já Paulo Sousa deixou o comando da Seleção da Polônia para assumir o Flamengo nesta temporada. O português tem em seu currículo clubes como Queens Park Rangers-ING, Leicester-ING, Basel-SUI, Fiorentina-ITA e Bordeaux-FRA, entre outros.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |   23/05/2022 08h01

Sousa - PB
 




ESPORTES  |   22/05/2022 15h09


ESPORTES  |   22/05/2022 13h18