GENTE E FAMA - GERAIS

Saiba quem é o jogador dono de McLaren de R$ 3,2 milhões destruída após bater em árvore
Segundo a tabela FIPE, um veículo 0 km no modelo 600LT sai por no mínimo R$ 2,935 milhões, sem contar com personalizações a critério do dono.


Reprodução

Natural de Ceilândia, Paulo Henrique atua pelo Shangai Port, da China. Ele está no Brasil passando férias. O carro que o jogador conduzia é um modelo 600LT, que pode custar R$ 3,25 milhões. O veículo ficou com a frente destruída.
 

Uma McLaren 600LT ficou parcialmente destruída após colidir contra uma árvore no bairro de Park Way, no Distrito Federal, conhecido por suas mansões. O acidente aconteceu na tarde de ontem (14) e deformou toda a lataria da parte frontal do carro de luxo.

Segundo a tabela FIPE, um veículo 0 km no modelo 600LT sai por no mínimo R$ 2,935 milhões, sem contar com personalizações a critério do dono. O carro destruído no acidente contava com uma pintura laranja, em uma cor semelhante à usada no carro de Fórmula 1 da equipe, e estava recebendo manutenção em uma oficina de Brasília há menos de uma semana, segundo vídeo compartilhado nas redes sociais.

 
O dono da McLaren, segundo o vídeo da oficina, é Paulo Henrique Santos, jogador de futebol que atua pelo clube chinês Shanghai Port. Ele não se pronunciou nas redes sociais.



A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal informaram que não foram acionados, já que não houve vítimas ou danos ao trânsito. Chovia e a pista estava molhada no momento da colisão.

O UOL também tentou contato com a Polícia Civil da capital para apurar uma possível investigação do caso, que não encontrou informações do caso em questão.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM