GERAIS

Enfeites de casca de ovo de avestruz revelam primeira rede social do mundo

Pequenas contas em forma de rosquinha são um dos artefatos arqueológicos mais encontrados na África. Acredita-se que o Homo sapiens tenha começado a usar contas há 75 mil anos, e a produção de colares pré-históricos com esse material tenha decolado 25 mil anos depois. Feitas com cascas de ovos de avestruz, as contas são o mais antigo ornamento totalmente fabricado por humanos - e ainda hoje são usadas por comunidades tradicionais africanas. Por isso, podem conter grandes revelações sobre o passado da humanidade.

Cientistas do Max Planck Institute, da Alemanha, estudaram mais de 1,5 mil contas, quase idênticas em relação ao formato, tamanho e estilo, e descobriram que elas sustentaram a primeira rede social de que se tem notícia, 50 mil anos atrás.


Miller se juntou à pesquisadora Yiming Wang, também do Max Planck, para analisar contas de ovos de avestruz que foram encontradas em 31 locais diferentes, no leste e no sul da África - a uma distância de 3 mil quilômetros.

As pesquisadoras descobriram que, entre 50 mil e 33 mil anos atrás, as pessoas dessas regiões distantes usavam acessórios de contas quase idênticas - uma evidência cultural da conexão entre grupos desses lugares.

As contas mais antigas foram encontradas em locais ao leste do continente, então podem ter se espalhado para o sul a partir de lá. Talvez tenham sido trocadas diretamente entre as pessoas, mas o intercâmbio de conhecimento sobre como fabricá-las é mais provável.

E por que essa moda se espalhou? “As pessoas faziam [e usavam] as contas para comunicar mensagens simbólicas, como hoje usamos uma aliança de casamento, para indicar algo sobre status social, riqueza ou posição na sociedade”, afirmou Miller à CNN.

O estudo indica que as pessoas usavam contas idênticas até 33 mil anos atrás. Depois, a conexão entre as regiões parece ter desaparecido - e a causa pode ter sido uma barreira geográfica.

As pesquisadoras apontam que nessa época houve uma grande mudança climática. Uma forte seca atingiu o leste da África, e as chuvas se deslocaram para o sul, o que causou inundações na área da bacia do Rio Zambeze - que teriam cortado a ligação entre povos do leste e do sul do continente. Foi o fim dessa rede social pré-histórica.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM