GERAIS

O CERN, maior laboratório de partículas do mundo, era ponto de encontro de cientistas durante a Guerra Fria

A proposta de um centro internacional de pesquisas em física de partículas nasceu na mesma onda de outras organizações que tentavam solucionar conflitos internacionais, como a ONU. A ideia era promover um espaço de pesquisa para que cientistas do ocidente e oriente pudessem trabalhar juntos. Não à toa, o CERN foi construído em Genebra, na Suíça, graças ao histórico de neutralidade do país.

Relacionadas
Conheça a Usina Nuclear de Zaporizhzhia, que foi tomada pelo exército russoRússia não irá mais colaborar com a Alemanha na Estação Espacial InternacionalAs estações de metrô de Kiev foram feitas para aguentar ataques militares
Nos últimos 70 anos, a colaboração internacional no CERN rendeu inúmeras pesquisas - sendo três delas vencedoras do Nobel. A World Wide Web (a famosa Internet), por exemplo, nasceu por lá inicialmente como um sistema de comunicação entre computadores. Também é no CERN que fica o maior acelerador de partículas do mundo, o Grande Colisor de Hádrons (LHC), responsável por confirmar experimentalmente a existência do bóson de Higgs.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



GERAIS  |   01/07/2022 17h00





GERAIS  |   01/07/2022 16h00