ESPORTES

Cruzeiro busca novo diretor de marketing, e ex-Botafogo confirma negociação

Em busca de um novo diretor de marketing, o Cruzeiro conversou nas últimas semanas com Lênin Franco, ex-Bahia e Botafogo. Natural de Lauro de Freitas, na Bahia, ele é um dos preferidos no processo seletivo liderado por membros da equipe de Ronaldo, que assinou a compra de 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) da Raposa.

As conversas entre Cruzeiro e Lênin foram divulgadas inicialmente pelo jornalista Samuel Venâncio e confirmadas ao Superesportes pelo próprio dirigente, em rápido contato por telefone.

Estamos conversando, mas eu não tenho um parâmetro para te dar. Vamos ver nos próximos dias

, disse o profissional, que está livre no mercado.

Claro que gostei bastante (da conversa), tenho interesse. O projeto do Cruzeiro é muito parecido com as experiências que tive no Bahia e no Botafogo com relação à credibilidade e força da marca. Vamos ver nos próximos dias

, reforçou Lênin.

A decisão do Cruzeiro sobre a chegada do novo profissional deverá, de fato, sair nos próximos dias. Assim como aconteceu no departamento de futebol, no acerto do diretor Pedro Martins e do técnico Paulo Pezzolano, há um processo seletivo para contratação de um chefe para o marketing.

Nesta terça-feira (3), o Cruzeiro bateu a marca de 49 mil sócios e iniciou contagem regressiva para alcançar 50 mil - meta estipulada por Ronaldo. O profissional que chegar à Toca da Raposa II será um dos responsáveis por melhorar o programa, que sofre críticas constantes dos torcedores. Vale lembrar que o clube já contou com 78 mil sócios ativos em 2016.

Trajetória  


Lênin Franco é bacharel em Publicidade e Propaganda, tem MBA em Gestão de Projetos e cursou Gestão Técnica do Futebol na Universidade do Futebol. Ele iniciou sua carreira no esporte em 2005 e seus dois principais trabalhos foram no Bahia, entre 2013 e 2021, como gerente de negócios, e no Botafogo, entre julho de 2021 e abril de 2022, quando atuou como diretor de negócios.

Em suas experiências anteriores, o profissional teve como principais funções captação de patrocínio, desenvolvimento de novos negócios, gestão de material esportivo, criação de campanhas e ações com torcedores, gestão de programa de sócio-torcedor e comunicação.

O Cruzeiro está sem diretor de marketing desde janeiro, quando Rodrigo Moreira, homem de confiança do presidente Sérgio Santos Rodrigues, pediu demissão do cargo. Com a chegada de Ronaldo para gerir a SAF, o ex-dirigente avaliou que sua ajuda não era mais necessária.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






ESPORTES  |   30/06/2022 13h44


ESPORTES  |   30/06/2022 11h43