PARAÍBA

PB Rural Sustentável atende agricultores familiares com energia solar
É uma oportunidade de substituição da energia elétrica, que tem custo significativo para o agricultor familiar que possui uma pequena área com cultura irrigada.


Reprodução

Agricultores familiares paraibanos estão tendo oportunidade de substituir a energia elétrica em suas lavouras irrigadas por energia solar, por meio do Programa PB Rural Sustentável/Projeto Cooperar. O subprojeto Tecnologias Sociais, do qual faz parte a tipologia energia solar, está com Edital aberto até o dia 16 de maio.

É uma oportunidade de substituição da energia elétrica, que tem custo significativo para o agricultor familiar que possui uma pequena área com cultura irrigada. Os interessados poderão enviar suas demandas, de acordo com o edital que se encontra no portal e nas redes sociais do Cooperar.


Poderão participar das chamadas públicas associações comunitárias e cooperativas sediadas na zona rural. O agricultor a ser beneficiado, obrigatoriamente, tem que ser associado.

Até o momento, foram apresentadas 122 demandas para o subprojeto Tecnologias Sociais, que representam em torno de 1.220 famílias. Dessas Tecnologias, 22 associações demandaram energia solar.

Após o encerramento do prazo do edital das Tecnologias Sociais, serão realizadas visitas técnicas para conhecimento da realidade do campo e das famílias.

Outro subprojeto do PB Rural Sustentável, que é o de Acesso à Água, utilizará energia solar para operação de três sistemas de abastecimento de água: Sistema de Abastecimento de Água Singelo (ADS), Sistema de Abastecimento de Água com Dessalinizador e Sistema de Abastecimento de Água Completo (ADC). Esse último levará água tratada até as residências.

 
No caso do Sistema de Abastecimento de Água com Dessalinizador as placas solares serão utilizadas para gerar energia que irá dessalinizar a água das fontes e elevar até as caixas d'águas que farão o tratamento. A energia solar foi escolhida tendo em vista o custo reduzido para as famílias, no que se refere ao bombeamento e ao tratamento da água, quando for o caso.

Manter o homem no campo, evitar o êxodo rural e propiciar melhor qualidade de vida às famílias é a meta do Governo do Estado, que conta com os recursos do PB Rural Sustentável da ordem de R$ 400 milhões a serem aplicados em 222 municípios da Paraíba, beneficiando 44 mil famílias.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM