ESPORTES

Perto de fim de contrato, Adriano garante permanência no Cruzeiro

Próximo do fim de contrato com o Cruzeiro, Adriano garantiu que permanecerá na Toca da Raposa II. O volante admitiu que sua vontade é seguir na Raposa, mas disse que ainda não tem nada acertado. Ele iniciou as conversas com a diretoria para renovar seu vínculo no mês passado. 
 
 
Na saída de campo após a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil diante do Remo, nessa quinta-feira (12), no estádio Independência, em Belo Horizonte, Adriano falou sobre seu futuro pela primeira vez. 

"Eu fico! Ainda não (assinei contrato), mas eu fico", revelou o defensor em entrevista ao canal do jornalista Samuel Venâncio no Youtube.

Ainda em abril, Pedro Martins mostrou otimismo na renovação do contrato de Adriano. À época, o diretor de futebol do clube mineiro afirmou que as conversas estão caminhando para um estágio semelhante a do lateral-direito Geovane e do lateral-esquerdo Rafael Santos, que estenderam até 2025 e 2024, respectivamente. 

Adriano possui vínculo até dezembro de 2022. Desde que subiu ao time principal, em 2020, esteve em campo 83 vezes, com dois gols. Vários treinadores destacaram sua qualidade na saída de bola e nos passes verticais, mas ele tem sido reserva com Paulo Pezzolano em meio à preferência por Willian Oliveira e Neto Moura.

No entanto, na vitória por 1 a 0 contra o Remo no tempo regulamentar, o técnico uruguaio o escalou entre os titulares. Ele entrou na vaga de Neto Moura, que ficou fora da partida por já ter disputado a Copa do Brasil por outra equipe. 

Classificação suada


Ainda em entrevista após o apito final, Adriano comemorou muito a classificação às oitavas do principal torneio mata-mata do país. Segundo ele, apesar da dificuldade no tempo regulamentar, o resultado poderia ser ainda mais elástico diante do amplo domínio das ações ofensivas do Cruzeiro. 
 
 

Jogo difícil, mas conseguimos tirar a vantagem deles. Poderíamos ter feito mais, acho que foi meio injusto o placar de 1 a 0. Mas nos pênaltis também estávamos focados e confiantes. Graças a Deus estamos classificados

, vibrou.
 
 
O volante também aproveitou para agradecer o apoio da torcida celeste, que lotou o Independência para acompanhar a 'decisão' contra o time paraense. Mais de 22 mil torcedores estiveram presentes no estádio. 

Sobre a torcida acho que não precisa nem falar, só a gente ver todos os jogos que estão aí nos apoiando e dando força. Isso ajuda a gente dentro de campo

, finalizou. 





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |   16/05/2022 20h15





ESPORTES  |   16/05/2022 19h57


ESPORTES  |   16/05/2022 19h43