ESPORTES

Cruzeiro: morre a primeira mulher eleita conselheira do clube


Morreu, nesta segunda-feira (16), aos 86 anos, Maria Aparecida de Almeida, a primeira mulher eleita conselheira do Cruzeiro. O clube celeste publicou uma nota de pesar nas redes sociais, lamentando o falecimento de Cidinha, como ela era conhecida.



É com pesar que informamos o falecimento de Maria Aparecida de Almeida, a nossa querida Cidinha. Ficará eternamente na história como a primeira mulher conselheira do Cruzeiro. Aos familiares e amigos, desejamos conforto e resiliência nesse momento tão triste. Descanse em paz

, disse o clube.

Ao Superesportes, o ex-presidente Gilvan de Pinho Tavares enalteceu Cidinha como precursora da participação da mulher na política do Cruzeiro.

Ela foi a primeira mulher eleita conselheira do Cruzeiro, rompendo com o 'clube do bolinha' que persistia. E ela era muito ativa como educadora física: formou equipes de ginástica e vôlei para atrair as mulheres ao clube

, disse.  

Ela não se intimidou com esse ambiente só de homens. Lembro dela participando da vida do clube no fim da década de 1950, por volta de 1958, sempre muito ativa e educada. Lamentamos muito a morte dela, que era admirada por todos aqueles que viveram o Cruzeiro nas últimas décadas

, destacou Gilvan.

O Cruzeiro não informou onde serão o velório e o sepultamento de Maria Aparecida de Almeida. 







COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






ESPORTES  |   30/06/2022 13h44


ESPORTES  |   30/06/2022 11h43