ESPORTES

'Cruzeiro é muito grande': Ronaldo avalia resultados e quer protagonismo

Dono de 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Cruzeiro, Ronaldo avaliou os resultados dos primeiros cinco meses de trabalho à frente do clube. Em participação na live da casa de apostas Betfair, antes da vitória celeste por 1 a 0 sobre o Náutico, nesse domingo (15), o Fenômeno elogiou o início de ano da Raposa.

O ano tem sido bom esportivamente para a gente. Não podemos esquecer toda a dificuldade financeira que a gente está enfrentando, mas esse processo de reconstrução vai demorar um tempo

, disse Ronaldo, que assumiu a administração do futebol do Cruzeiro na segunda quinzena de dezembro de 2021.

A torcida do Cruzeiro tem que ter paciência, porque ainda vamos oscilar bastante. Mas estou muito contente com esse início de ano. Tanto no Mineiro, que surpreendemos, quanto neste início de Série B, Copa do Brasil... A gente tem que buscar esse protagonismo. O Cruzeiro é muito grande para não aceitar essa responsabilidade de ser favorito

, complementou o ex-jogador.

De fato, o Cruzeiro teve o melhor início de temporada desde que foi rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, em 2019. Pela primeira vez, chegou à final do Campeonato Mineiro - foi derrotado pelo Atlético -, se classificou para as oitavas de final da Copa do Brasil e entrou no G4 da Segunda Divisão.

Depois da vitória sobre o Náutico, nos Aflitos, no Recife, em Pernambuco, o time celeste passou a liderar a Série B, com 16 pontos - quatro a mais do que o Novorizontino, primeiro clube fora da zona de classificação para a Série A. O Cruzeiro venceu seus últimos cinco jogos na temporada: quatro na Segunda Divisão (Londrina, Chapecoense, Grêmio e Náutico) e um pela Copa do Brasil (Remo).



A compra da SAF


Ronaldo assinou o contrato de compra de 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol do Cruzeiro em 8 de abril.

O acordo prevê investimento de R$ 400 milhões nos próximos cinco anos, seja com recursos próprios do empresário e/ou receitas incrementais geradas pela atividade do futebol (vendas de atletas, direitos de TV, premiação, bilheteria, sócio e patrocínios) acima da média apurada de 2017 a 2021 (em torno de R$ 220 milhões).

Além de ser sócio majoritário do Cruzeiro SAF, Ronaldo terá a propriedade das Tocas da Raposa I e II. Em contrapartida, assumirá a íntegra da dívida tributária da instituição, na ordem de R$ 180 milhões e com parcelas mensais acima de R$ 1 milhão até 2032.

Com Ronaldo ativo na gestão desde 18 de dezembro de 2021, quando assinou uma intenção de compra, o Cruzeiro já quitou mais de R$ 38 milhões em débitos na Fifa e manteve salários em dia para atletas e funcionários.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM