ESPORTES

Campinense vence Botafogo-PB e conquista título de bicampeão Paraibano 2022


Foto: Samy Oliveira

Está decidido. é campeão do Campeonato Paraibano de 2022. Pela segunda partida da decisão do estadual, neste sábado (21), no estádio Amigão, em Campina Grande, e com gol de Olávio, carrasco do Belo, a Raposa garantiu seu bicampeonato e de forma invicta com a vitória por 1 a 0, e somando o agregado de 3 a 1 na decisão do estadual.

O treinador rubro-negro, Ranielle Ribeiro, contou com o retorno do meia Luiz Fernando e colocou o melhor que tinha à disposição. Gerson Gusmão, comandante botafoguense, por sua vez, teve Bruno Ré de volta na lateral-esquerda como a principal novidade na escalação.

A partida mais uma vez tecnicamente abaixo do esperado, mas teve lá suas chances de gols para ambos os lados.


Os donos da casa abriram os trabalhos aos 7 minutos, quando Luiz Fernando avançou pela direita e bateu cruzado. A defesa botafoguense falhou e a bola sobrou para Olávio, que dividiu com Luís Carlos, que fez a defesa.

A resposta botafoguense veio aos 22 minutos, quando Edvan cruzou da direita e a bola sobrou limpa para Alan Grafite na segunda trave, mas o atacante, desatento, cabeceou para fora, sem sequer goleiro para atrapalhar.

Mas três minutos mais tarde Dione cobrou falta da entrada da área no canto esquerdo do goleiro botafoguense, que precisou se esticar para desviar a bola para a linha de fundo.

O Campinense ainda tentou abrir o placar aos 36 minutos da primeira etapa, quando Dione bateu escanteio da esquerda, Olávio subiu mais que toda defesa do Belo e cabeceou livre, mas a bola subiu demais e foi por cima do travessão.

Segundo tempo

Na volta do intervalo Ranielle Ribeiro, prevendo avanço botafoguense, colocou Erick Pulga na vaga de João Paulo para dar velocidade ao ataque, enquanto Gerson Gusmão tirou o apagado Alan Grafite para colocar Kesley em seu lugar.

A primeira chance da segunda etapa veio logo aos 3 minutos, quando Luís Fernando chutou de muito longe, com força, e Luís Carlos teve que fazer uma defesa difícil para evitar que a rede balançasse.

Depois o Botafogo-PB foi para cima e, aos 6 minutos, Leilson cruzou da direita, André Mascena não conseguiu cortar e Gustavo Coutinho, livre na pequena área, bateu de direita, mas em cima de Mauro Iguatu, que operou um milagre para segurar o que seria o primeiro gol da partida. Na sequência do lance, a bola sobrou para Leilson, que chutou da entrada da área a esquerda do poste rubro-negro, levando perigo mais uma vez.

Aos 19 minutos, Dione cobrou escanteio mais uma vez da esquerda e Cleiton subiu livre para desviar de cabeça, passando tirando tinta da trave esquerda de Luís Carlos.

 
E aos 24 minutos, o golpe final do Campinense para a conquista do bicampeonato. Dione roubou a bola de Pablo no meio-campo, passou por três defensores e serviu Olávio, que entrou na área e encheu o pé direito para estufar as redes para marcar o gol que confirmou o título estadual da Raposa.

Ficha técnica

Campinense 1 x 0 Botafogo-PB (agregado 3 x 1)

Campeonato Paraibano de 2022
Final - 2ª partida
Estádio: Amigão (Campina Grande)

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (FIFA-RJ); Alessandro Rocha Matos (FIFA-BA) e Rodrigo Figueiredo (FIFA-RJ)
VAR: Wagner Reway (FIFA-PB)

Gols: Olávio (C)
Cartões amarelos: Paulo Vitor (B)

Campinense: Mauro Iguatu, André Mascena, Michel Bennech, Cleiton, Emerson; Magno (Christian), Jeferson Freitas, Dione (Serginho Paulista); João Paulo (Erick Pulga), Luiz Fernando (Hugo Freitas) e Olávio (Douglas Lima). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Botafogo-PB: Luís Carlos, Edvan, Jonathan, Paulo Vitor, Bruno Ré (Alessandro); Pablo (Rafael Barros), Tinga (Ratinho), Nádson (AdilsonBahia); Leilson, Alan Grafite (Kesley) e Gustavo Coutinho. Técnico: Gerson Gusmão.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM