SAÚDE | NA PARAÍBA

Criança internada com suspeita de 'hepatite misteriosa' tem quadro clínico estável
Além disso, a condição clínica segue sendo monitorada e com melhora progressiva dos exames laboratoriais.


Imagem: SciePro / stock.adobe.com

O quadro da criança de sete anos, que deu entrada no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB/Ebserh), com suspeita de ter um tipo de hepatite, permanece sem confirmação. Nesta segunda-feira (23), o Hospital emitiu uma nota informando que a criança segue com quadro clínico estável e passando por mais exames. Além disso, a condição clínica segue sendo monitorada e com melhora progressiva dos exames laboratoriais.

 
Segundo o HULW, o caso suspeito de hepatite aguda infantil de origem misteriosa foi levantado após a criança apresentar sintomas compatíveis com hepatite. "Ainda que todos os exames realizados não tenham confirmado a doença até o momento (com resultado negativo para todos os agentes causadores das hepatites virais A, B, C, D e E), o HULW-UFPB fez a notificação oficial do possível caso à Secretaria Estadual de Saúde da Paraíba, em conformidade com os protocolos vigentes", diz a nota.

Ainda segundo o HUWL, por se tratar de uma doença ainda de causa desconhecida, os procedimentos seguem sendo realizados como orienta os protocolos de saúde e mantendo o sigilo sobre o paciente que é menor de idade. "Os casos de hepatite aguda de causa a esclarecer, exigem notificação imediata, procedimento adotado pela instituição. Por fim, o Hospital Universitário Lauro Wanderley esclarece que, em consonância com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), não serão fornecidas informações detalhadas sobre a criança", esclareceu.

 
Os principais sintomas da doença são vômitos e diarreia por vários dias, pele e olhos amarelados. Urina escura, fezes esbranquiçadas, sangramento ao escovar os dentes e irritabilidade.Atualmente, o Brasil tem atualmente 64 casos suspeitos da hepatite misteriosa em crianças. No mundo, já são 614 casos notificados - entre eles, 14 mortes.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



SAÚDE  |   29/06/2022 12h32

Cajazeiras - PB
 




SAÚDE  |   29/06/2022 02h38