CIÊNCIA - GERAIS

9 curiosidades bizarras sobre o cocô das abelhas

1. Onde as abelhas defecam?

Em dias muito frios, as abelhas operárias podem até fazer cocô dentro da colmeia, mas isso é difícil. Durante o inverno, as operárias seguram o máximo que podem e só então dão voltinhas perto da colmeia para poderem se aliviar. Já a abelha rainha faz as necessidades na própria colmeia, sabendo que as operárias ficarão a cargo da limpeza.
 

2. Qual é a aparência do cocô das abelhas?

O cocô das abelhas saudáveis é pegajoso e de cor amarelada. Ele se apresenta no formato de gotículas ou minhoquinhas, e pode ser encontrado no parapeito de janelas, em cima de carros, sobre móveis ou outros objetos no jardim e em demais espaços que fiquem próximos a uma colmeia.
 

3. Qual é a composição do cocô das abelhas?

Na maior parte, as fezes das abelhas são compostas por gordura não digerida do pólen. Além disso, até mesmo grãos de pólen podem estar no cocô.
 

4. As abelhas têm diarreia?

Por mais incrível que pareça, as abelhas também podem apresentar diarreia. Isso é mais comum em dias frios, já que, nesse caso, elas seguram as fezes o máximo possível. Assim, às vezes não dá tempo de elas darem uma volta para se aliviar.
 

5. Com qual frequência as abelhas fazem cocô?

Os seres humanos -- normalmente -- defecam entre uma e duas vezes por dia, sempre que sentem necessidade. Com as abelhas é igual: elas só vão ao banheiro quando precisam, mas a frequência média ainda não foi determinada.
 

6. As abelhas fazem cocô durante o voo?

Sim! Diferentemente de outros animais que precisam estar parados para defecar, as abelhas podem liberar seus presentinhos em pleno voo. Inclusive, é possível determinar as rotas das abelhas pelo rastro de cocô que elas deixam no caminho. Isso acontece porque uma rota só é trocada quando a fonte de alimento dela se acaba.
 

7. O cocô das abelhas é tóxico?

No começo dos anos 1980, refugiados do Vietnã no sudoeste da Ásia alegaram que tropas comunistas estavam atacando com armas biológicas, deixando-os doentes. Entretanto, descobriu-se mais tarde que o líquido pegajoso que os atingira era cocô de abelhas! Só que não foi isso que fez com que eles se sentissem mal: uma infecção por fungos causou os sintomas. A lenda urbana, porém, nasceu e pegou.
 

8. O cocô das abelhas é fedido?

Normalmente, não. Porém, quando várias abelhas apresentam diarreia ao mesmo tempo, o cheiro não é nada agradável, principalmente para elas. Já o cocô da abelha rainha pode ter notas florais e um cheiro agradável.
 

9. Por fim, as abelhas fazem xixi?

Não! No caso das abelhas, líquidos e sólidos são tratados da mesma forma e possuem o mesmo destino. Assim, o ácido úrico, semelhante ao presente na urina dos humanos, está misturado no cocô das abelhas.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM