UIRAÚNA | A PARTIR DESSA SEGUNDA

Comércio tem novas regras para funcionar a partir dessa segunda
Novo decreto foi baixado pelo prefeito Segundo Santiago nesse domingo (4).




COFEMAC/Arquivo

Saiu um novo decreto do poder executivo municipal de Uiraúna com novas regras para o funcionamento do comércio. As medidas começam a valer a partir dessa segunda-feira (6.mar.2020) e terminam no próximo dia 20.

As medidas são impostas para conter o avanço da contaminação pelo coronavírus. Uiraúna tem até agora cinco pacientes suspeitos da doença.

VEJA COMO FICA:

Podem funcionar instituições e organizações responsáveis pela operacionalização de programas de microcrédito. As regras de funcionamento estão detalhadas no decreto.

PODEM FUNCIONAR: lojas de vestuário, calçados, materiais de construção, móveis e eletrônicos, variedades e informática. O horário de funcionamento será  das 7h às 13h, de segunda à sexta; e aos sábado das 7h às 12h. Não é permitido abrir nos sábados à tarde e aos domingos.

SALÕES DE BELEZA: estão autorizados a funcionar, desde que o atendimento seja feito, exclusivamente, com hora marcada e sendo uma pessoa de cada vez no local, devendo haver o uso de máscara pelo profissional e a adoção de higienização.

AOS DOMINGOS: farmácias podem funcionar no horário de 8h às 13h. Os proprietários podem ficar de sobreaviso para atender em casos de emergência.

CONTINUAM FECHADOS: bares, restaurantes, lanchonetes; espetinhos, carros de lanche, trailers, lojas em galerias, mercados fechados e correlatos; clubes sociais/recreativos e academias. As lanchonetes, churrascarias e similares podem continuar vendendo com entrega em domicílio (delivery).

SUSPENSOS: todos os tipos de eventos públicos, privados, religiosos, entre outros.

As escolas particulares podem funcionar apenas o setor da diretoria e finanças para que possam receber pagamentos das mensalidades e outros serviços. Devem funcionar de segunda à sexta, das 7h às 11h30.

CUIDADOS: os estabelecimentos devem adotar medidas que coíbam a aglomerações, também evitando que haja pessoas próximas umas das outras dentro do estabelecimento ou fora dele. Devem controlar a entrada e saída dos clientes; manteendo a distância de 2 metros entre eles. Uso de máscaras e álcool em gel. E ainda podem disponibilizar lavatório para higienização das mãos; entre outras medidas preventivas.

PUNIÇÕES: quem desobedecer o decreto poderá perder o alvará de funcionamento e ainda sofrer penalidade de multa no valor de R$ R$ 1 mil até R$ 10 mil, conforme o porte do estabelecimento. O responsável ainda responder criminalmente. Quem for autuado pela primeira vez terá o estabelecimento fechado por 48 horas; caso seja autuado novamente, pagará uma multa com valor dobrado e ficará fechado até o dia 20 de abril.

REPARTIÇÕES PÚBLICAS: continuam fechadas para atendimento presencial. Serviços podem ser solicitados pelos canais de internet: Portal da Prefeitura e Redes Sociais.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM