ESPORTES

Diego Costa explica por que negociações com o Corinthians não avançaram


Livre no mercado desde que deixou o Atlético, o atacante Diego Costa recordou o período de negociações com o Corinthians. O jogador culpou a Taunsa, parceira do Timão, por não ter se transferido e afirmou que o clube "tomou calote" da empresa.



O Corinthians tomou calote do cara (CEO da Taunsa) e me deu calote. Eu conversei com o pessoal, com o presidente (Duilio Monteiro Alves) e tinha uma proposta na mesa. Eu falei: 'deixa eu pensar'. Dois ou três dias depois já não tinha mais a proposta. Eles tomaram calote da empresa, vieram com uma desculpa de um negócio assim

, disse Diego Costa em entrevista ao jornalista Thiago Asmar, do canal Pilhado, no YouTube.

Agradeço ao pessoal do Corinthians. Eles não podem fazer as coisas sem planejamento. Não poderiam chegar com a proposta se a outra pessoa não honrou. Eles iam ter que assumir, poderia ficar sem receber lá e ia gerar um clima ruim. Comigo eles foram surreais. Se não tivessem tomado calote dos caras, eu estava lá

, completou.

No mês de março, o Corinthians e a Taunsa confirmaram um atraso no pagamento de patrocínio por conta de um problema no fluxo de caixa. Vale lembrar que a empresa foi quem possibilitou o retorno do volante Paulinho neste ano ao Parque São Jorge e é a responsável por pagar 100% dos vencimentos do jogador.

A empresa não cumpriu com suas obrigações financeiras e, desde então, o time aguarda o pagamento e faz o que cabe ao clube, como as notificações. O caso está com o departamento jurídico.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM