COVID-19

China tem 1º dia sem mortes pela Covid-19 desde o início do surto
Número diário de novas mortes vem caindo há semanas no país onde surgiu a epidemia de Covid-19.




AFP/Reprodução

A China não registrou morte por Covid-19 nas últimas 24 horas, algo inédito desde o início da publicação de estatísticas sobre a epidemia do coronavírus em janeiro, informaram as autoridades de saúde nesta terça-feira (7).

O país asiático, onde o novo coronavírus, o Sars-Cov-2, surgiu no fim de 2019, informou sua primeira morte por Covid-19 no dia 11 de janeiro. Desde então, registrou 3.331 óbitos.

Porém, o número diário de mortes está caindo há semanas e na segunda-feira (6) ocorreu apenas uma morte.

Os novos casos de contágio na China continental também têm caído desde março, mas o país enfrenta uma segunda onda de infecções provocada por viajantes que chegam do exterior. Apenas nesta terça foram confirmados 32 novos casos de contágio desse tipo. A Comissão Nacional de Saúde afirma que o país registra mil 'casos importados'.

Foram registrados 30 novos pacientes assintomáticos, o que eleva o total de infectados no país a 1.033.

O levantamento da universidade americana Johns Hopkins aponta que o novo vírus já atingiu 1,3 milhão de pessoas e já deixa 74,8 mil mortos.

A maior parte dos casos de infeção e mortes na China ocorreu em Wuhan, capital da província de Hubei, no centro do país, onde surgiu a epidemia. Desde 23 de janeiro, a região de 11 milhões de habitantes enfrenta restritas regras de isolamento, o que, segundo pesquisadores, foi determinante para conseguir evitar 700 mil novos casos.

Pouco a pouco, regras que impõem restrições na circulação estão sendo flexibilizadas, mas, ainda assim, as autoridades recomendam que os moradores evitem deixar suas casas no intuito de conter uma nova onda de contaminação.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM