POLICIAIS | EM SERRA REDONDA-PB

'Ouvi o sangue caindo no chão e desesperei', diz filho de mulher vítima de feminicídio
O filho mais velho foi o primeiro a ver a mãe esfaqueada. Ele contou que tudo começou com uma discussão, possivelmente motivada por ciúmes.


Reprodução / Redes Sociais

Uma mulher foi morta a golpes de faca dentro da própria casa no município de Serra Redonda, na Paraíba. O principal suspeito do crime é o companheiro da vítima. O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (27), por volta das 3h.

A vítima foi identificada como Célia Ferreira Evangelista, de 37 anos. O filho mais velho foi o primeiro a ver a mãe esfaqueada. Ele contou que tudo começou com uma discussão, possivelmente motivada por ciúmes.

No momento em que o crime aconteceu também estavam na casa três filhos da vítima, um maior de idade e outros dois, de 13 e 3 anos.

 

Tínhamos saído e eles já chegaram discutindo. Já de madrugada a gente ficou sozinho eu e meus irmãos de 13 e 3 anos. Não deu para ouvir muito que estavam discutindo ainda no quarto. Só vim saber o que aconteceu quando ela saiu chamando meu nome. Ouvi o sangue caindo no chão e me desesperei. Minha primeira reação foi correr atrás dele. Tentei encontrar ele e vi o portão aberto. Quando voltei e cheguei perto dela ela estava sangrando e caída no chão", narrou o filho da vítima.

O socorro foi chamado mas a mulher não resistiu aos ferimentos e morreu.

Uma câmera instalada da residência chegou a gravar a fuga do suspeito.

O homem segue foragido e a polícia pede a colaboração da sociedade para que quem tenha alguma informação sobre o paradeiro do suspeito possa informar através do Disque Denúncia, 197.

 
Os filhos da vítima alegaram que não havia histórico de violência física até então.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






POLICIAIS  |   19/08/2022 05h14

São José de Piranhas - PB
 

POLICIAIS  |   19/08/2022 02h13