CIÊNCIA - GERAIS

Inspiradas nas palmeiras, turbinas eólicas têm desenho invertido

Em vez de o cata-vento estar voltado para o vento, ele fica atrás da torre, a favor do vento.

As turbinas tradicionais, com a face a favor do vento, enfrentam o vento que entra e, para evitar serem sopradas na torre, precisam contar com pás suficientemente rígidas para não vergarem. É necessário muito material para construir essas lâminas relativamente grossas e maciças, o que aumenta seu custo.

As pás das turbinas em rotores a favor do vento, no entanto, ficam de costas para o vento, então há menos risco de as pás vergarem e atingirem a torre quando os ventos aumentam. Isso significa que as pás podem ser mais leves e mais flexíveis, o que requer menos material e, portanto, menor custo de fabricação.

Segundo a equipe, essas pás a favor do vento também podem se dobrar, em vez de quebrar em face de ventos fortes - como as palmeiras.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM