GENTE | EM MINAS GERAIS

Menino de 11 anos liga para a polícia pedindo comida: 'Estamos com fome'
"Minha mãe só tava dando água e fubá para os meus irmãos. Estava chorando no canto, eu pedi o telefone e fui lá e liguei. Eu tinha que ligar", disse Miguel, em entrevista à TV Globo.


Foto: Reprodução/TV Globo

"A guarnição constatou que a família realmente passava por necessidades. Em 24 anos na Polícia Militar, nunca me deparei com uma situação dessas", disse o tenente Nilmar Moreira. Os policiais foram a um supermercado, fizeram compras e arrecadaram mais alimentos para doar à família.


Um menino de 11 anos entrou em contato com o 190 da Polícia Militar ontem, para pedir ajuda e dizer que a família estava passando fome. Ele vive com outros cinco irmãos e com a mãe em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte.
 

Minha mãe só tava dando água e fubá para os meus irmãos. Estava chorando no canto, eu pedi o telefone e fui lá e liguei. Eu tinha que ligar", disse Miguel, em entrevista à TV Globo.

 
A mãe, Célia Arquimino Barros, de 46 anos, contou que trabalhava com segurança civil. Desde o início da pandemia ela está desempregada e sobrevive com alguns bicos.
 

Eu vivo do auxílio emergencial e o pai [das crianças] manda R$ 250. Mas não é todo mês que ele manda", falou Célia. Por causa dessa situação, ela diz que não conseguiu comprar alimentos para a família há quase três semanas.

A mulher alegou que não sabia que o garoto tinha feito a ligação, mas elogiou a atitude do menino pelo conhecimento de buscar ajuda.

Comovidos pela ligação, os policiais foram ao local. Inicialmente, a suspeita é que seria uma ocorrência de maus-tratos.
 

A guarnição constatou que a família realmente passava por necessidades. Em 24 anos na Polícia Militar, nunca me deparei com uma situação dessas", disse o tenente Nilmar Moreira.

(Imagem: TV Globo)



 
Os policiais foram a um supermercado, fizeram compras e arrecadaram mais alimentos para doar à família.

Veja a transcrição da conversa, segundo áudio divulgado pelo jornal O Tempo:
  • Policial: 190, qual que é a emergência?
  • Criança: Ô seu policial, aqui, é por causa que aqui em casa não tem nada para gente comer e eu tô com fome. Minha mãe só tem farinha e fubá pra comer.
  • Policial: Você tem quantos anos? Criança: Tenho 11. Policial: Você mora com quem?
  • Criança: Moro com minha mãe só. Policial: Você, sua mãe... tem mais irmãos?
  • Criança: Tenho. Cinco.... -

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM