GENTE | EM SERGIPE

Polícia prende acusados de matar homem por curtir foto de ex-mulher em rede social


Reprodução

Três homens foram presos na operação Fatal Likes, realizada pela Polícia Civil de Sergipe, em Itabaiana. A ação policial, realizada na manhã desta quarta-feira, 3, faz parte da investigação que apura o assassinato de um jovem; a motivação do crime seriam curtidas em redes sociais.

Carlos Eduardo Santos de Jesus, de 23 anos, foi morto no dia 16 de abril deste ano no povoado Mangueira, Zona Rural de Itabaiana, enquanto trabalhava em uma farmácia.

 
Segundo a Polícia Civil, a vítima foi morta a mando de Gildemar Oliveira, conhecido como "Gildo do Remédio". A motivação do crime teria sido curtidas em fotos na rede social da ex-mulher de Gildemar.

Ainda conforme as investigações, o crime foi praticado por Carlos Wagner, que era conhecido como pistoleiro. Ele respondia em liberdade por homicídio. A apuração também identificou que Gilberto de Oliveira, caseiro da propriedade rural de Gildemar Oliveira, que também teria envolvimento com o homicídio de Carlos Eduardo.

 
A operação foi nomeada como Fatal Likes pelo crime estar diretamente ligado ao ato de curtir fotos em uma rede social.

A ação resultou ainda nas apreensões de duas pistolas, uma espingarda e um revólver, além de veículos e vestimentas.


Confira o vídeo:






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM